Com articulações e disputa acirrada, eleição do Conselho agita Corinthians

Enquanto comissão técnica e jogadores do Corinthians já estão na Colômbia para a estreia da Libertadores contra o Millonarios, o Parque São Jorge será palco da primeira reunião do Conselho Deliberativo do clube em 2018. Na noite desta terça-feira, os conselheiros decidirão o presidente do órgão, além dos integrantes do Cori (Conselho de Orientação), do Conselho Fiscal e do Conselho de Ética.

Para a presidência do Conselho Deliberativo, o candidato da situação é o deputado federal Antônio Goulart dos Reis. Já a oposição se articulou e fechou em um nome: Thales Cezar de Oliveira, que é promotor de Justiça.

Com o conselho dividido após a eleição de oito chapinhas (com 25 conselheiros cada) no dia 3 de fevereiro, as partes acreditam em uma disputa acirrada. São 200 conselheiros trienais, além de 138 vitalícios, de acordo com a última relação divulgada pelo clube em seu site.

O grupo da situação passou o mês em articulação para Goulart comandar o Conselho Deliberativo. Pela primeira vez sem o chamado "chapão", quando o presidente eleito levava consigo os 200 conselheiros, Andrés Sanchez teve diversas conversas em busca de alianças - inclusive com Paulo Garcia, que ficou em segundo lugar na eleição presidencial e entrou com uma ação por suposta irregularidade no pleito.

Outra medida tomada foi o "congelamento" nas diretorias. Até agora, apenas os departamentos de marketing, jurídico e financeiro foram preenchidos. Isso porque, quando o conselheiro assume um cargo, não tem direito a voto na reunião. Assim, abriria voto para algum suplente, e a primeira chapinha na lista é de oposição.

Na diretoria de futebol, por exemplo, Duílio Monteiro Alves assumiu como adjunto e pode votar. Ele, inclusive, deve ir para a Colômbia apenas na quarta-feira, dia do jogo, por conta da eleição do Conselho Deliberativo.

Com a presidência cobiçada pelos grupos, o Conselho Deliberativo é o responsável, por exemplo, por aprovar contas e orçamentos do clube.

VEJA ABAIXO O CENÁRIO ELEITORAL DESTA TERÇA:

Candidato a presidência do Conselho pela situação: Antônio Goulart dos Reis;

Vice: Ademir de Carvalho;

Primeiro secretário: Denis Nieto Piovesan;

Segundo secretário: Antonio Paulo de Souza.

Candidato a presidência do Conselho pela oposição: Thales Cezar de Oliveira;

Vice: Miguel Marques e Silva;

Primeiro secretário: Antonio Roberto Maia Simões;

Segundo secretário: Milton Guilherme Rossi Mendonça.

Cori: são dez membros eleitos, além de dez suplentes.

Conselho Fiscal: são três membros eleitos, além de três suplentes.

Conselho de Ética: são quatro membros eleitos, além de quatro suplentes. Quem comanda o órgão é o vice-presidente do Conselho Deliberativo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos