Estreante em Libertadores, Carille minimiza altitude: 'Só frio na barriga'

Prestes a estrear como técnico em Libertadores, Fábio Carille minimizou a altitude de 2.640 metros que o Corinthians enfrentará contra o Millonarios (COL), nesta quarta-feira, em Bogotá. O treinador admitiu ansiedade para sua primeira partida no principal torneio sul-americano.

- Essa história de estreia em Libertadores como técnico você não sente nada (da altitude), só o frio na barriga, não tem cansaço, nada. Estou bastante ansioso - afirmou Carille, em entrevista coletiva nesta terça-feira, após o treino em Bogotá.

Ao ser questionado se o Corinthians terá orientação para ficar mais com a bola, para não cansar na altitude, Carille explicou a estratégia para a partida contra o Millonarios. O treinador, porém, negou que dirá para algum jogador fazer cera.

- Sim, descansar com a bola é o que chamamos. É um jogo de muita transição, quando for um lateral, uma falta, ter calma para bater. Não é fazer cera, mas ter calma para bater, parar para respirar, para quando tiver rolando, ter bastante intensidade - disse Carille.

- Nós viemos para ganhar. Independente do que eu pensei, preparei para o jogo, sempre vamos em busca da vitória, marcando mais ou menos. Mas é claro que jogar aqui, sair com empate é importante, mas viemos para buscar a vitória - acrescentou o treinador.

O Corinthians enfrenta o Millonarios nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia, pela primeira rodada do Grupo 7 da Libertadores. Deportivo Lara (VEN) e Independiente (ARG) completam o grupo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos