Wenger se irrita: 'Tenho sempre que responder as mesmas coisas'

  • Sven Hoppe/dpa via AP

Arsène Wenger voltou a ser o centro da atenções de forma negativa no Arsenal, após a perda do título da Copa da Liga Inglesa para o Manchester City, no último domingo, por 3 a 0. O treinador francês vem sendo criticado pela imprensa local, que divulgou uma lista com técnicos que podem substituí-los ao fim da atual temporada.

Comandante dos Gunners desde 1996/97, Wenger se irritou quando perguntado por jornalistas sobre a sua permanência no clube inglês.

"Estou só espantado que eu tenho sempre que responder coisas que são exatamente as mesmas. Estou aqui há 21 anos. Recusei o mundo inteiro para respeitar meus contratos. Então eu ainda estou espantado que ainda tenha que responder esses tipos de perguntas", lamentou Wenger:

"O que é interessante no futebol é a performance, o jogo que você vai ver quinta de noite. Isso que é importante. O resto todo rende manchetes, mas não é realmente interessante."

Na última terça-feira, jornais ingleses já elencavam alguns treinadores que poderiam assumir o Arsenal na próxima temporada. Segundo o jornal "The Telegraph", a lista de técnicos para substituir Wenger passa por Mikel Arteta, ex-capitão do clube e auxiliar de Pep Guardiola no Manchester City, e Leonardo Jardim, que comanda o Monaco, entre outros candidatos.

Já o "Daily Star" cita nomes diferentes. O jornal aponta como favorito o italiano Carlo Ancelotti, que deixou o Bayern de Munique em setembro e está sem clube. Ele também é cogitado para assumir a seleção italiana, sem técnico desde a saída de Giampiero Ventura em novembro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos