Cria do Fla, lateral Alex Santos, está pronto para voltar a jogar em 2018

Revelado nas categorias de base do Flamengo, o lateral-direito Alex Santos, 25 anos, está pronto para voltar ao futebol de alto nível. A saída do Brasil foi precoce, logo depois do título da Copa São Paulo de Futebol Junior, em 2011, defendendo o Rubro-Negro. O objetivo para 2018 é atuar novamente em território nacional, o que já aconteceu em temporadas recentes, mas com o intuito de se firmar e dar continuidade ao início promissor.

Alex deixou o Flamengo ainda em 2011 e foi defender as cores do Vitesse, da Holanda. A idade adulta para o futebol chegou justamente nos Países Baixos, onde Alex ficou até a temporada de 2014, quando voltou ao Rio de Janeiro para atuar pelo Botafogo. Recentemente, passagens por Tombense (MG), Tigres do Brasil (RJ) e Atlético Tubarão (SC), o último clube, e algumas sondagens para voltar ao futebol de sua cidade natal.

- Tenho o privilégio de ser formado em um dos maiores clubes do mundo. Logo depois fui para o futebol da Holanda, que também dá muita atenção para os jogadores mais novos. Estou aproveitando essa casca que ganhei no período da base e de início entre os profissionais. Quero me restabelecer no mercado e estou trabalhando forte pra isso. Tenho certeza que o melhor estar por vir, e a mesma certeza que pra isso acontecer preciso continuar trabalhando - comentou o lateral-direito.

O período em clubes de massa, como Flamengo e Botafogo, têm um carinho especial no currículo de Alex, assim como o período que atuou na Holanda. No entanto, as atuações em equipes mais modestas também ensinaram muito ao jogador. Em especial, o Tigres do Brasil, da Baixada Fluminense, um clube novo, mas que com sua boa estrutura ensinou boas lições ao lateral-direito.

- A gente cresce nos clubes grandes e tem os menores como adversários, algo natural, desde muito cedo. Só que é quando se está do outro lado que temos dimensão da importância de um trabalho bem feito. Flamengo e Botafogo sempre estão arrecadando e vendendo bons jogadores, aí fica um pouco mais confortável para dar estrutura. No Tigres eu via o esforço de todo mundo, de cada pessoa, para dar dignidade aos jogadores e uma estrutura invejável, principalmente por ser uma equipe menor. É um tipo de aprendizado que a gente leva pro resto da vida. Hoje carrego isso comigo. Preciso me esforçar sempre, dar o meu máximo, para alcançar meus objetivos - concluiu o jogador.

Após o fim do contrato com o Atlético Tubarão, Alex ficou disponível no mercado. Atualmente, o atleta segue trabalhando nas partes física e técnica para voltar a atuar da melhor forma possível. Enquanto isso, sondagens e consultas fazem parte da rotina do lateral, que aguarda a melhor condição para entrar em campo novamente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos