Agressor de gandula é suspenso por 12 jogos pelo TJD-MS

O Tribunal de Justiça Desportiva do Mato Grosso do Sul julgou na noite desta quinta-feira, os envolvidos no caso do gandula que foi espancado no último clássico entre Comercial e Operário, pelo Campeonato Sul-mato-grossense.

Do lado do Operário, o atacante Jeferson Reis autor do espancamento e o massagista Raul Prazeres, foram suspensos por 12 jogos. Do lado do Comercial o lateral Jeferson Baré, que aparece nas imagens dando uma voadora no agressor também foi suspenso por 8 jogos. Tadeu Kutter, que é atleta do time de base do Comercial e trabalha como gandula nas partidas do profissional foi suspenso das competições por 30 dias. Os clubes foram também foram multados.

O Operário foi multado em R$ 1 mil e o Comercial, mandante da partida,

em R$ 2 mil. Rodrigo Gral foi absolvido. Os auditores do Tribunal de Justiça Desportiva demoraram pouco mais de duas horas para definirem as condenações.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos