Carrasco do Brasil em 2010, Sneijder deixa seleção da Holanda após 15 anos

  • EMMANUEL DUNAND/AFP

    Sneijder anotou dois gols contra o Brasil no duelo pelas quartas de final da Copa de 2010

    Sneijder anotou dois gols contra o Brasil no duelo pelas quartas de final da Copa de 2010

A Federação Holandesa de Futebol anunciou oficialmente que o meia Wesley Sneijder não vestirá mais a camisa da seleção nacional. Segundo informou a entidade neste domingo, o treinador Ronald Koeman está procurando novos talentos para compor o elenco. Os dois se encontraram no Qatar, país onde o jogador atua e tiveram uma conversa amigável.

"Wesley é um dos melhores jogadores holandeses dos últimos anos, mas eu quero construir uma nova Holanda e para isso tenho que fazer escolhas", disse o treinador.

Pelo lado do jogador, Sneijder, responsável pelos dois gols que eliminaram o Brasil na Copa do Mundo de 2010, compreendeu a decisão tomada pelo treinador. Além disso, a Federação informou que está trabalhando para fazer uma despedida adequada para o craque.

"Entendo que Koeman quer começar uma nova era com jogadores jovens. Falamos sobre isso em uma conversa amistosa e eu respeito a sua decisão" declarou o meia, que também postou uma mensagem nas redes sociais.

"Sinto-me orgulhoso e honrado por ter atuado pelo meu país por 15 anos, 9750 minutos, 133 jogos, 85 vitórias e 31 gols. Futebol é a minha paixão de sempre. Boa sorte para as próximas gerações", escreveu.

Atualmente no Al Gharafa, do Qatar, Sneijder fez sua estreia estreia em 2003, em um amistoso contra Portugal. Em novembro do ano passado, o meia fez o seu 133º e último jogo com a camisa laranja. O jogador foi segundo lugar da Copa do Mundo de 2010 e terceiro no Mundial de 2014.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos