Motor incansável: Marcos Guilherme deve ter sequência histórica em Lins

Neste domingo, quando entrar em campo contra o Linense, em Lins, às 19h30, Marcos Guilherme estabelecerá uma marca histórica no São Paulo. O meia-atacante, que já vem sendo destaque mesmo em meio à má fase do time, completará 35 jogos consecutivos desde sua estreia, tornando-se uma das dez maiores sequências da história do clube.

O camisa 23 esteve em todas as 34 partidas do Tricolor desde que começou sua trajetória no time, saindo do banco para fazer dois gols na virada por 4 a 3 sobre o Botafogo, em 29 de julho de 2017, pelo Campeonato Brasileiro, no Rio de Janeiro. Entrando em campo neste fim de semana, passa a ostentar uma das dez maiores sequência desde a estreia no clube (veja a lista abaixo).

- O nosso grupo é muito bom de trabalhar e o pessoal costuma brincar que quero jogar todas. Espero continuar assim e seguir ajudando a equipe porque tenho muitos objetivos para alcançar com a camisa do São Paulo - disse Marcos Guilherme ao LANCE!, negando ter qualquer receita especial para tantas partidas consecutivas.

- Não tem segredo. O que procuro ser é o mais regular possível e trabalhar com muito foco e dedicação todos os dias. Sei que as oscilações são normais no futebol, mas eu tento manter uma boa regularidade para jogar e ajudar o time da melhor maneira - comentou.

- Como são-paulino, fico muito contente com este feito. Desde a minha estreia, quando realizei um sonho de infância, sempre batalhei bastante para honrar estas cores e ajudar os meus companheiros. E não será diferente no próximo jogo. Espero manter esta sequência na equipe em busca dos nossos objetivos - completou o jogador, torcedor do Tricolor desde a infância.

Mais do que sempre presente, Marcos Guilherme é um autêntico motor ofensivo do time. Quando Dorival escalava a pesada linha com Diego Souza e Nenê, cabia ao camisa 23 ser a principal opção de velocidade do setor. Agora, tem a companhia dos rápidos Valdívia e Brenner. Mas segue sendo uma espécie de dono do corredor direito do time, trocando posição com as chegadas de Militão, voltando para marcar e sendo participativo com movimentação incessante, com e sem a bola.

Se atingir o 35º jogo consecutivo neste domingo - é improvável que Dorival Júnior o tenha levado só para deixá-lo como opção no banco -, Marcos Guilherme igualará as marcas de Deleu (1961) e Nestor (1930/31), que também disputaram 35 duelos consecutivos desde a estreia pelo clube. O número é tão raro que, na lista das dez maiores sequências, a mais recente é de Lourival, que emendou 38 atuações em 1967.

Marcos Guilherme acumula 34 jogos sete gols. Foram 12 partidas em 2018, balançando as redes uma vez, na vitória por 2 a 0 sobre o Mirassol, em 24 de janeiro. O meia-atacante chegou em julho e está emprestado até dezembro, sem esconder seu desejo de ficar. Quem sabe, para igualar a maior sequência de um atleta desde sua estreia no São Paulo: entre 1930 e 1932, Friedenreich alcançou impressionantes 71 partidas consecutivas.

- Poxa, seria uma honra, mas sei que não é fácil, pois são muitos jogos. Quem sabe, né? - sorriu Marcos Guilherme.

Veja as maiores sequências dos jogadores desde a estreia no São Paulo:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos