Na Coreia do Sul, Wagninho luta por recolocar Bluewings no topo da Ásia

Você provavelmente ainda não ouviu falar do atacante Wagninho, de 28 anos e natural de Cubatão, no interior de São Paulo. Mas na Coreia do Sul, ele conhece aquilo que todo jogador de futebol sonha: o reconhecimento. Atleta do Suwon Bluewings há pouco mais de um mês, ele tem quatro jogos, dois gols por lá e um objetivo em mente: recolocar o clube no topo do continente.

Bicampeão asiático em 2001 e 2002, as Águias agora lutam pelo tri. Eles estão na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia com uma derrota e uma vitória em dois jogos. O próximo duelo é nesta quarta-feira, quando a equipe coreana vai encarar o Shanghai Shenhua, da China.

- Queremos fazer uma grande apresentação contra o Shanghai Shenhua para vencermos e continuarmos firmes em busca da classificação para as finais da competição. Essa é mais uma decisão na primeira fase e temos que estar preparados. É um jogo importante. Uma vitória nos dará motivação para a sequência da disputa - disse.

- Nosso objetivo, em primeiro lugar, é passar de fase. A partir daí pensaremos em chegar na decisão da competição. Temos condições disso pelo elenco que o Bluewings tem hoje. Vamos focar passo a passo para continuarmos firmes no campeonato - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos