Com faixas "É possível", torcida apoia São Paulo e cita golaços no Palestra

Duas semanas após irem à porta do CT da Barra Funda para protestar contra o time e pedir a demissão de Dorival Júnior, torcedores do São Paulo voltaram ao local, nesta quarta-feira, mas para apoiar. Cerca de 800 pessoas incentivaram a equipe, viram o treino e exibiram faixas com a inscrição "É possível", lembrando golaços do clube no Palestra Itália, antigo estádio do Palmeiras, adversário desta quinta-feira, no Allianz Parque.

Uma das faixas tinha a mensagem "É possível Raí 27/06/2000", recordando do gol de letra do hoje diretor executivo de futebol, na vitória tricolor por 3 a 2, pela Copa do Brasil, na data citada. Outra inscrição era "É possível Cicinho 25/05/2005", em alusão à bomba de Cicinho no ângulo do goleiro Marcos, no triunfo são-paulino por 1 a 0, pela Libertadores de 2005.

O São Paulo perdeu todos os cincos clássicos no Allianz Parque, desde 2015. Mas a torcida quis estar presente no último treino para o Choque-Rei. Primeiramente, fecharam a avenida Marquês de São Vicente e ficaram cantando, com bandeiras e faixas, na frente do CT da Barra Funda.

Não estava previsto que o treino seria aberto aos torcedores, mas quatro representantes da organizada Independente foram liberados para conversar com os dirigentes, asseguraram que o intuito era somente apoiar e foi liberada a entrada dos são-paulinos. O treino ocorreu até com o campo tomado pela fumaça vinda das arquibancadas do CT.

A torcida presente gritou o nome de todos os jogadores, inclusive o de Marquinhos Cipriano, atacante que decidiu não renovar com o clube e não estava no campo - voltou para a base. Dorival também teve o nome entoado, em uma prova de apoio, já que, recentemente, torcedores cobravam sua demissão. Cantos provocativos a Palmeiras e Corinthians também foram ditos pelos torcedores.

O São Paulo, que pouco antes do treino tinha usado suas redes sociais para avisar que o treino não seria aberto, soltou comunicado explicando a mudança de decisão.

- Para evitar transtornos na região, decidimos permitir a entrada dos torcedores, que se manifestaram em tom de apoio, ao CT da Barra Funda, apesar de não ter havido programação de treino aberto. Agradecemos o apoio. #VamosSaoPaulo - disse o São Paulo, em seu Twitter.

Veja abaixo o vídeo com a manifestação da torcida fora do CT:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos