Dracena, Deyverson... Veja estágio de recuperação de palmeirenses

Quando o Edu Dracena vai jogar? O Diogo Barbosa tem prazo para estrear? E o Deyverson? A recuperação do Jean está indo bem? Cadê o Artur? O que aconteceu com o Mayke? O torcedor do Palmeiras tem repetido todas estas perguntas nos últimos dias. Abaixo, o LANCE! mostra em que estágio está a recuperação de cada um.

Edu Dracena

O zagueiro, que ainda não estreou em 2018, é quem está mais próximo de jogar. O clube montou uma pré-temporada individual para ele, com o objetivo de minimizar os riscos de lesões musculares. Ele já estava treinando com o grupo na semana passada, mas assustou a todos ao sentir um incômodo no quadril durante uma atividade.

Os exames apontaram pequena inflamação em um tendão, e o jogador de 36 anos precisou reduzir o ritmo dos trabalhos. Isso gerou um pequeno atraso em sua preparação, tanto que ele voltou a fazer atividades físicas longe dos companheiros. Espera-se, porém, que esteja reintegrado e à disposição de Roger até a semana que vem, no máximo.

Deyverson

O centroavante teve uma lesão quase idêntica à de Neymar, no quinto metatarso do pé direito, e passou por cirurgia. Ele está na sétima semana de recuperação, sendo que o prazo inicial era de oito semanas em tratamento.

Um exame de imagem na semana que vem vai dizer aos médicos se é possível liberá-lo para iniciar o recondicionamento físico no gramado, última etapa antes de ficar à disposição do treinador. A expectativa é otimista.

Diogo Barbosa

O lateral-esquerdo teve uma torção séria no tornozelo esquerdo em 12 de janeiro, logo no início do primeiro jogo-treino da temporada, contra o Atibaia, e não há um prazo estipulado para jogar. A previsão era de que o tratamento durasse quatro semanas, e ele foi liberado pelos médicos em quatro semanas e meia. Isso significa que o jogador estava clinicamente curado, mas não pronto para jogar.

Por que o camisa 6 não vem nem treinando com o grupo? Além de ter se machucado em meio à pré-temporada, Diogo Barbosa perdeu massa muscular devido ao período de imobilização do pé esquerdo. Como sentia dor no local, ele não podia fazer praticamente nenhum exercício na academia.

O lateral só passará a treinar com bola quando atingir seus melhores índices físicos. Um exemplo: chegar aos 30 km/h em corrida linear. Só assim o Núcleo de Saúde e Performance saberá que o jogador está pronto para render em seu nível máximo e sem riscos de se machucar.

Mayke

O lateral-direito torceu o tornozelo direito durante um treino na semana passada, em dividida com Borja, e sofreu lesão ligamentar. Não será preciso operar. O prazo para recuperação varia entre quatro e seis semanas, e o jogador foi cortado da lista do Paulistão.

Jean

O lateral passou por cirurgia em 11 de janeiro. O procedimento foi feito para minimizar os efeitos de um desgaste na cartilagem de seu joelho direito. Ele está prestes a completar dois meses de tratamento, sendo que o prazo de recuperação varia de três a quatro meses. Ainda vai demorar a voltar, e por isso não está inscrito nem no Paulista e nem na Libertadores.

Artur

O atacante operou o tornozelo direito no dia 16 de fevereiro. Ele iniciou a fisioterapia nesta semana, na Academia de Futebol, e ainda ficará cerca de seis semanas em tratamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos