Lei anterior é derrubada e estádios do Paraná voltam a ficar sem cerveja

Mais uma derrota dos torcedores no Paraná. Por meio de maioria dos votos em decisão judicial, a venda de cerveja foi novamente proibida nos estádios da Região. A antiga lei, que liberava o consumo da bebida nas arenas, foi derrubada até um próximo julgamento, que ainda não tem prazo para ser realizado.

Ivonei Sfoggia foi o responsável pelo pedido da cassação da lei, sancionada pelo Governador Beto Richa, do PSDB, em setembro de 2017. A liberação do consumo de álcool nos estádios não era apenas um clamor popular, mas também era de desejo dos clubes de futebol do estado.

Defensor da lei que autoriza o comércio das bebidas nas arenas, o Deputado Luiz Claudio Romanelli (PSC) se mostrou insatisfeito com a decisão e expressou sua opinião em rede social:

"Lamento informar que foi SUSPENSA a lei da qual sou co-autor que autoriza a venda de CERVEJA nos estádios. Por 13 votos a 9, o Órgão Especial do TJPR tomou a decisão nesta segunda feira, dia 5 de março, voltando a ser proibida a venda nos estádios em jogos futebol"

Com uma declaração forte, Romanelli comentou sobre a decisão ao 'Gazeta do Povo':

- Zero de problemas desde a sanção da lei. Infelizmente vivemos numa sociedade que o indivíduo está massacrado, pois é estado intervém no seu direito de escolha - finalizou o Deputado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos