Dínamo tenta surpreender a Lazio e conta com gols de Júnior Moraes

Lazio e Dínamo de Kiev iniciam nesta quinta-feira, às 17h05 (de Brasília), o confronto pelas oitavas de final da Liga Europa. A previsão é que o Estádio Olímpico esteja lotado para apoiar o time romano, que conta com a boa fase de seu quarteto ofensivo, composto por Felipe Anderson, Milinkovic-Savic, Luis Alberto e Immobile. Do lado ucraniano, o destaque fica a cargo do brasileiro Junior Moraes, vice-artilheiro da competição com seis gols.

Capitão do Dínamo, Júnior Moraes jogou o favoritismo para a Lazio, que está em quarto no Campeonato Italiano. O atacante acredita que o rival tem um time mais experiente.

- Eu considero Lazio favorita, mas não vejo grande diferença em nível técnico. Nosso time vem com muitos jogadores jovens e com pouca experiência, mas com vontade de mostrar seu potencial. Nossa equipe tem ambição, pensamos em ganhar. Porém vejo um empate com gols como bom resultado.

O brasileiro deu a receita para sair com bom resultado na partida de ida. Júnior Moraes acredita que não basta parar os homens de frente da Lazio.

- A Lazio tem um time bom, com vários jogadores que podem decidir com uma jogada individual. O que temos que fazer é não dar espaço e não desconcentrar nem por um segundo.

Na defesa, todo cuidado é pouco com Immobile, artilheiro do Calcio com 23 gols. O atacante, de 28 anos, balançou a rede em 32 oportunidades na temporada em 34 partidas.

Felipe Anderson, por sua vez, voltou à boa forma e recuperou sua condição de titular, com boas apresentações. São 18 jogos na temporada e quatro gols marcados. Ele divide a armação das jogadas com Milinkovic-Savic e Luis Alberto, que estão em boa fase e vêm despertando o interesse de gigantes do futebol europeu.

BATE-BOLA COM JÚNIOR MORAES

O Dínamo de Kiev avançou às oitavas de final e vai encarar a Lazio na Liga Europa. O que vocês esperam do confronto contra os italianos?

Times italianos são sempre difíceis de enfrentar, são fortes fisicamentes e têm defesa sempre sólida.

O duelo também será decisivo para você buscar a artilharia da Liga Europa. Você tem seis gols e está a um do Aduriz, do Athletic Bilbao. O topo da tabela de artilheiros também é uma meta para você?

É uma disputa à parte que seria muito interessante para minha carreira, mas a classificação é muito mais importante. A vaga nas quartas de final, com gols meus, seria perfeito!

Na Ucrânia, o Dínamo está em segundo, atrás do rival Shakhtar Donetsk. Ainda dá para superar o adversário e ficar com o título? Como está a briga no campeonato nacional?

Na verdade, perdemos três pontos por não ir jogar contra o Mariupol, que na época seria muito arriscado por ser perto da zona de confronto entre Rússia e Ucrânia. Por isso perdemos por W.O. Estamos na luta e temos dois confrontos diretos contra o Shakhtar ainda para jogar, então está tudo em aberto. Vamos em busca do título.

Você tornou-se o capitão do Dínamo de Kiev. O que isso representa para você?

É muito difícil um estrangeiro ser capitão de um time tão tradicional como o Dínamo de Kiev. Fico honrado por ajudar o clube também de outra forma.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos