'Não podemos abaixar a cabeça', desabafa Valdívia após derrota

A atuação do São Paulo diante do Palmeiras, na derrota, por 2 a 0, para o rival no Choque-Rei irritou bastante os tricolores. A equipe do Morumbi praticamente não teve chances contra o Alviverde e somou sua terceira derrota em três clássicos na temporada. Na opinião do meia-atacante Valdívia, o time perdeu para ele mesmo por conta da postura dentro de campo, e o revés diante do adversário foi justo.

- Fizeram gol no começo, e dificultou mais ainda. Perdemos para nós mesmos. Não fomos bem, não jogamos, não tocamos a bola, a marcação deles dificultou, é ruim jogar assim. Mas não podemos abaixar a cabeça. Temos qualidade, disse o camisa 21 do Tricolor ainda no gramado do Allianz Parque.

O reconhecimento de Valdívia ao trabalho dos palmeirenses em campo não é à toa. Afinal, a equipe comandada pelo técnico Roger Machado teve mais posse de bola (54% a 46%), mais finalizações (16 contra 7), mais passes certos (358 contra 313), mais desarmes (25 contra 13), mais escanteios (9 contra 3) e mais cruzamentos com a bola rolando (10 contra 4).

- Nossa equipe tem um bom passe, mas isso não aconteceu hoje, principalmente no primeiro tempo. Faltou um pouco mais de tranquilidade para o nosso time, mas é futebol. Acontece. Não podemos perder da forma como podemos aqui (Allianz Parque), pontuou Valdívia.

O São Paulo vinha de duas vitórias seguidas na temporada (CRB, pela Copa do Brasil, e Linense, pelo estadual), mas nos últimos quatro jogos da equipe no Paulistão havia vencido apenas um. A pressão em cima do técnico Dorival Júnior cresce a cada dia e a torcida cobra melhores resultados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos