Com confiança de Carille, Lucca tem chance para ressurgir no Corinthians

Lucca ainda não conseguiu mostra em 2018 as mesmas atuações que o fizeram ser o "talismã" do Corinthians na campanha do título brasileiro de 2015. O atacante, porém, terá mais uma chance para ressurgir no Timão, neste domingo, contra o Botafogo-SP, pela última rodada da fase de grupos do Paulistão. Ele será o substituto de Clayson, suspenso.

Pela primeira vez na temporada, Lucca terá dois jogos seguidos como titular. Na última quarta-feira, contra o Mirassol, o atacante teve atuação apagada, mas foi defendido pelo técnico Fábio Carille. Na visão do treinador, Lucca foi "prejudicado pelo conjunto".

Carille confia no potencial de Lucca e, inclusive, pediu para ele permanecer no ano passado. O atacante, porém, preferiu ser emprestado para a Ponte Preta, que acabou sendo rebaixada para a Série B do Brasileiro. Apesar da queda, Lucca foi o quarto jogador que mais marcou no campeonato, com 13 gols.

"Quando eu saí, tive uma conversa (com o Carille). Foi uma coisa normal, achei que poderia jogar mais (na Ponte). A vida é feita de escolhas, tinha de escolher alguma coisa. Se a escolha foi certa ou errada, vamos saber lá na frente. Foi uma opção minha. O Carille é um cara muito transparente, sempre conversamos, temos um relacionamento bom. Estamos juntos novamente. Independentemente de quem ele escolher, tem que respeitar, e sempre procurei fazer isso. Qualquer coisa que tiver para falar ele escuta", disse Lucca, em entrevista coletiva na última terça-feira.

Aos 28 anos, Lucca fará seu oitavo jogo nesta temporada. Ao todo, o atacante, que chegou em 2015 e defendeu a Ponte em 2017, soma 66 jogos e 12 gols pelo Corinthians. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos