Rashford brilha e Manchester United vence o Liverpool no Inglês

O Manchester United levou a melhor no maior clássico da Inglaterra. Na manhã deste sábado, os Red Devils encararam o Liverpool pela 30ª rodada do Inglês e venceram por 2 a 1, com gols de Rashford e Bailly, contra.

Com o resultado, os Red Devils chegaram aos 65 pontos somados, na vice-liderança do Inglês, e se afastaram do Liverpool na tabela, que vem em terceiro com 60 pontos conquistados.

O JOGO

Jogando diante da sua torcida, o time do Manchester United começou a partida com grande intensidade. Apostando nos toques rápidos e triangulações, os Red Devils conseguiam ameaçar o gol de Karius, e não demorou para que o time de Mourinho conseguisse furar o bloqueio da defesa do Liverpool.

Aos 14 minutos, Lukaku deixou de cabeça para Rashford na entrada da área. O jogador invadiu a área, superou a marcação chutou forte no canto direito, estufando a rede e abrindo o placar.

A primeira etapa espetacular de Rashford e do United foi premiada com mais um gol. Aos 24 minutos, a bola sobrou para o jogador na entrada da área e, com mais um chute forte, conseguiu estufar as redes do Liverpool pela segunda vez.

Apesar de estar atrás no placar, o Liverpool não desistiu da partida, e seus homens de frente seguiam pressionando o gol de De Gea. Firmino arriscou várias vezes de fora da área, mas foi o zagueiro Virgil van Dijk quem chegou mais perto de marcar: após escanteio, o zagueiro subiu livre para cabecear, mas a bola desviou no seu ombro e saiu raspando a trave do United.

Na segunda etapa, o clássico ficou mais equilibrado e time do United, após pedidos da torcida, adotou uma postura mais defensiva. Ao 'estacionar o ônibus', os Red Devils deixaram a posse da bola para o Liverpool, que seguia pressionando em busca de um gol. A constante ronda que os jogadores dos Reds faziam na área era apenas um prenúncio do gol que inevitavelmente sairia, mas o autor do tento foi uma surpresa.

Aos 21 minutos, Mané fez jogada individual pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou na pequena área, buscando Firmino. O zagueiro Bailly se esticou para tentar cortar, mas acabou desviando a bola para o gol, para alegria dos jogadores do Liverpool.

O gol inflamou a torcida e o time do Liverpool, que seguiu perseguindo o gol de empate. Klopp colocou Solanke no jogo, para aumentar o número de atacantes em campo. No entanto, a disciplina tática da defesa do United se fez presente e, mesmo sofrendo pressão nos últimos 20 minutos de jogo, conseguiu segurar o ímpeto do Liverpool e manter o time em vantagem no placar.

O juiz deu seis minutos de acréscimos, para desespero dos torcedores do United, e o que se viu foi um show de chances perdidas pelo Liverpool. Salah teve em seus pés a chance de empatar aos 50 minutos, mas isolou a bola por cima da trave, e o placar seguiu igual.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos