Após derrota, Jair protege Bambu e assume culpa por erros do Santos

Erros custaram caro ao Santos na tarde deste domingo, na Vila Belmiro. Um pênalti bobo cometido por Robson Bambu, zagueiro improvisado na lateral direita, e um gol no fim do jogo, após ida do goleiro Vladimir à área adversária, ajudaram o São Bento a construir um placar de 3 a 1 fora de casa - em vacilo da zaga, o time de Sorocaba ainda fez mais um. Em entrevista coletiva, o técnico Jair Ventura assumiu a responsabilidade pelos problemas apresentados em casa. Foi do comandante a decisão de entrar com um time completamente alternativo.

- Robson Bambu quebrou um galho para gente. (Victor) Ferraz ficou em cima para voltar e eu não tinha outra opção. Tive que sacrificar o garoto. É difícil fazer uma análise. Esses xingamentos em cima dele (pelo pênalti)... O responsável sou eu. Acho que ele não fez um grande jogo. A vontade dele de querer chegar e melhorar fez ele sair bem cansado. É menino, mas terão outras oportunidades para ele chegar pela lateral. Ele estava adaptado, mas a responsabilidade é minha - analisou o treinador santista.

Depois do São Bento fazer o segundo gol, o Santos passou a ser obrigado a correr atrás do resultado e, na tentativa desesperada de empatar o jogo, partiu do treinador a orientação ao goleiro Vladimir para que fosse à área tentar cabecear a bola em cobrança de escanteio. A saída do camisa 12 resultou em gol do São Bento no contra-ataque. Culpa do técnico, segundo ele mesmo ponderou.

- Eu pedi para ele ir à área. Santos vai jogar sempre para vencer, perdendo de 2 ou 3. Eu pedi, sim.

O resultado manteve o Santos em um jejum de vitória, já são quatro jogos. Mesmo assim, o treinador carioca fez questão de enfatizar o lado positivo dos problemas que vêm aparecendo.

- Pressão é todo o dia no futebol. O que tem de bom é que treinei com os prováveis titulares de quinta-feira (durante a última semana). Temos alguns treinos para chegarmos afiados para conquistarmos nosso objetivos. A Libertadores, por exemplo. Somos os primeiros do Grupo D (do Paulistão) e estamos na frente do São Paulo (na classificação geral). Não é tão ruim assim - finalizou.

O Santos volta a campo nesta quinta-feira, para enfrentar o Nacional-URU, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, às 19h15, no Pacaembu. Pelo Paulistão, o compromisso será contra o Botafogo, pelas quartas de final. A Federação Paulista de Futebol define as datas e horários dos jogos nesta terça-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos