Dificuldade logística faz Timão se preocupar com volta contra o Lara

O Corinthians recebe o Deportivo Lara (VEN) nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O desconhecido adversário surpreendeu ao bater o tradicional Independiente (ARG) na primeira rodada e tem despertado muita preocupação da comissão técnica do Timão, tanto para o duelo em casa quanto para a volta. Para se ter uma ideia, a dificuldade para o confronto na Venezuela é tamanha que o clube brasileiro já tenta resolver problemas de logística e trabalha na programação da viagem.

A partida da volta será no dia 17 de maio, na cidade de Cabudare, localizada a cerca de 260 km de Caracas, capital venezuelana. Para chegar até lá, a equipe de logística do clube trabalha com algumas opções, todas vistas como complicadas. O clube pode tentar fretar um voo, que faria escala na Bolívia antes de chegar à capital da Venezuela. De lá, pegaria mais um avião para o local do jogo. Uma opção semelhante também há com escala na Guiana. Um voo de carreira pelo Panamá, opção utilizada pelo Lara para chegar ao Brasil. também não está descartado. Fato é que trabalha-se com uma estimativa de pelo menos dez horas de viagem.

Esse foi o tempo aproximado levado pelo Independiente (ARG) para chegar à casa do Lara na rodada inicial. O maior vencedor da Libertadores com sete títulos, porém, não seu de bem e foi derrotado por 1 a 0. O Corinthians, desde então, mantém contato com funcionários do clube argentino para pegar dicas de como melhorar a passagem pela Venezuela.

Nesses contatos, o Corinthians perguntou sobre a alimentação, hospedagem, opções de voo, entre outras coisas. Há uma preocupação pela situação política e social da Venezuela, que vive uma grande crise. Em outras viagens nesse formato, ao clube visitante foi pedido uma série de remédios, dada a escassez de medicamentos no país. Ainda não houve contato com o Corinthians neste sentido.

Nesta semana, o Corinthians também aproveitará a presença do Deportivo Lara no Brasil para se informar melhor sobre tais condições. Os venezuelanos chegaram ao Brasil no último domingo, na segunda-feira treinaram no CT da base do Timão do lado do Joaquim Grava e nesta terça fazem o reconhecimento do gramado da Arena.

Ainda há preocupação com o estado do gramado do Estádio Metropolitano, sede do Deportivo Lara. Na derrota na Venezuela, os argentinos do Independiente fizeram críticas ao campo de jogo.

Corinthians e Deportivo Lara estão no grupo 7 da Libertadores. Os venezuelanos lideram com três pontos, seguidos do próprio Timão e do Millonarios (COL), ambos com um ponto pelo empate em Bogotá: 0 a 0.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos