Presidente da liga grega lamenta suspensão do campeonato nacional

O presidente da Liga de futebol da Grécia, Giorgio Stratos, lamentou a suspensão do campeonato local por tempo indeterminado após as confusões no fim do clássico entre PAOK e AEK, no último domingo. O dirigente teme por prejuízos financeiros caso as partidas sigam sem ser disputadas.

- A suspensão não traz nada. Ela cria um perigo grave e um possível afastamento de nossos objetivos. A suspensão não beneficia ninguém ou nada. Ela cancela tudo de positivo que foi feito e ameaça todo o esporte pelas consequências financeiras - ressaltou.

Stratos encontrou-se com o vice-ministro dos Esportes da Grécia, Georgio Vassiliadis. Para o presidente da Liga, o representante da pasta no governo também quer uma "solução mais rápida possível", mas não indicou uma data para a volta do campeonato nacional.

A decisão de paralisar o Campeonato Grego se deu após os acontecimentos do clássico entre PAOK e AEK, no último domingo. O presidente do time de Salônica, Ivan Savvidis, invadiu o gramado armado, obrigando que seus jogadores deixassem o campo. Ele reclamava de um gol anulado nos acréscimos, que daria o triunfo à equipe.

A partida foi interrompida antes do apito final, com jogadores do AEK e trio de arbitragem indo para o vestiário. O jogo foi declarado como suspenso somente após duas horas após o 'fim'. O PAOK afirma que o placar oficial terminou 1 a 0. No entanto, a liga ainda não se manifestou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos