Como André Luis, outros atletas do Figueira podem ter vínculo renovado

O Figueirense renovou o contrato do atacante André Luis até 2020. A decisão do clube tem como base o projeto de estender o vínculo de jogadores que podem dar retorno no gramado e nas finanças. A diretoria do Alvinegro está analisando o elenco e traçando perfis que possam trazer rentabilidade.

André Luis não deve ser a única renovação. O diretor do Figueirense, Felipe Faro, destacou que a política do clube para prorrogar o vínculo dos atletas está ligada a um planejamento para os próximos dois anos.

- Nossa prioridade era renovar com o André, foi uma negociação tranquila. Agora é uma coisa meio pontual, jogador a jogador. Nesse segundo momento, estamos observando situações contratuais e vamos conversando. É um trabalho que estamos tendo agora pensando nos próximos anos. Até o fim do ano, temos todo o elenco, que era a primeira meta. E antes do meio do ano, já estamos pensando nos próximos dois anos, vamos chamar jogadores pontuais - comentou o dirigente.

Felipe Faro descartou contratações para o Campeonato Catarinense, até porque a janela se encerra nesta sexta-feira. O grupo para o estadual já está fechado, no entanto, outros jogadores devem chegar para disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

- As inscrições se encerram agora e não vai ter nenhuma chegada. Pensando na Série B estamos vendo, jogadores pontuais estão jogando os estaduais e seria indelicado conversar com o clube ou o jogador nesse momento - acrescentou o diretor.

Nesta quarta-feira, o Figueirense deixa de lado o estadual e pensa na Copa do Brasil. Às 21h45, no Independência, encara o Atlético-MG, pela terceira fase da competição nacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos