Harry Kane tem lesão no tornozelo e só voltará a jogar em abril

  • Reuters/Matthew Childs

    Lance que provocou a lesão em Kane

    Lance que provocou a lesão em Kane

A lesão no tornozelo direito sofrida na goleada por 4 a 2 sobre o Bournemouth, no último domingo, vai tirar o atacante Harry Kane dos gramados pelo menos até o próximo mês, informou nesta quarta-feira o Tottenham. 

Em comunicado, o clube disse que as avaliações preliminares confirmaram que o jogador "danificou os ligamentos laterais no tornozelo direito" e "deverá retornar aos treinamentos no próximo mês". Apesar de o Tottenham não estimar um tempo preciso para retorno, a imprensa inglesa estima em cerca de um mês a sua liberação.  

Desta forma, Kane deve desfalcar o time nas quartas de final da Copa da Inglaterra diante do Swansea, no próximo sábado e perderá jogos do Campeonato Inglês.

O jogador também não estará nos amistosos da Inglaterra contra Holanda e Itália. O técnico Gareth Southgate vai convocar os atletas na próxima quinta-feira. A princípio, ele não é preocupação para a disputa para a Copa do Mundo da Rússia.

Em um ano e meio, Kane sofreu três lesões nos ligamentos do tornozelo. Em setembro de 2016, ficou sete semanas fora de ação. Há um ano, um problema menos grave que o tirou de ação por três semanas.

Kane lesionou aos 28 minutos do primeiro tempo na goleada do Tottenham sobre o Bournemouth, por 4 a 1. No lance, ele ficou com o pé preso embaixo do goleiro Begovic. O problema no tornozelo do atacante não parecia ser tão grave, visto a tranquilidade durante o atendimento médico. Ele saiu direto para o vestiário, mancando, mas sem ajuda.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos