Pilar em 2017, defesa do Santos será colocada à prova após 11 formações

  • Ivan Storti/Santos FC

Pilar da equipe na temporada passada, a defesa do Santos passa por momento, no mínimo, curioso: foram 11 formações diferentes usadas por Jair Ventura desde o começo do ano nos 13 jogos. Isso sem contar as alterações feitas ao longo das partidas, incluindo o goleiro e os laterais. Nesta quinta-feira, às 19h15, contra o Nacional-URU, no Pacaembu, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, o Peixe entra em campo com os cinco considerados titulares apenas pela quarta vez em 2017.

Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota já estiveram em campo juntos e como titulares nos jogos contra Real Garcilaso, na estreia da Libertadores, no Peru, contra o Santo André e contra o Corinthians, pelo Paulistão.

Com tantas mudanças, o resultado aparece em campo: em 2018, o Santos tem média de 1,15 gol sofrido por jogo. Foram 15 bolas na rede alvinegra em 13 partidas. No ano passado, a média foi de 0,89 gol sofrido por duelo. A defesa acabou vazada 59 vezes em 66 confrontos.

A tendência é que a defesa santista sofra ainda mais alterações nos próximos jogos. Isso porque o lateral-esquerdo Dodô deve assumir a posição de Jean Mota, meia improvisado. Além disso, o lateral-direito Victor Ferraz tem chances de retomar seu posto de titular, após lesão no ombro, mas não nesta quinta.

As alas são justamente os principais problemas do time. Na esquerda, Romário foi testado em dois jogos e hoje já integra o elenco do Ceará. Não agradou em campo e foi emprestado. Caju foi testado na posição e também não se firmou. Jean Mota, improvisado, é quem melhor atendeu o nível de exigência do treinador. Mesmo assim, ainda tem certas dificuldades no setor. A Comissão Técnica vê em Dodô boas chances de solucionar de vez o problema.

A lateral direita também passa por reconstrução. Victor Ferraz começou o ano em baixa entre boa parte dos torcedores alvinegros, mas chegou a ser sondado pelo rival São Paulo e foi usado por Jair como titular desde a chegada do comandante carioca ao Santos. Porém, na quarta rodada do Campeonato Paulista, o ala deslocou o ombro direito depois de passar boa parte do jogo sendo vaiado e, desde então, se recupera do problema. O zagueiro Robson Bambu chegou a ser deslocado para o setor na última rodada do Paulistão, quando Vanderlei foi trocado por Vladimir na meta alvinegra.

Com uma boa média de 0,71 gol por jogo, já que participou de sete partidas nas quais o Peixe sofreu cinco gols, aparece o zagueiro Lucas Veríssimo, que ficou afastado por cinco partidas para cuidar de uma lesão muscular na coxa direita. Titular absoluto no setor, fez gol contra em partida diante do Novorizontino. Já Luiz Felipe, seu substituto natural, e Gustavo Henrique, substituto de David Braz, têm feito bons jogos, mas também não resolveram o problema dos muitos gols sofridos.

As inúmeras mudanças são pouco comuns no Peixe, que no ano passado era quase que sustentado por sua defesa. O ex-técnico Levir Culpi chegou a ser bastante criticado pelo excesso de preocupação com a marcação e com o sistema defensivo em detrimento da ofensividade da equipe.

Com tantas alterações e, principalmente, oscilações no setor, o teste de fogo para o Santos será nesta quinta-feira, contra o Nacional-URU. Vencer significa para o Alvinegro uma situação mais confortável no Grupo 6 da Libertadores, no qual ainda não pontuou. Perder fará com o time tenha ainda mais dificuldades para "trocar o pneu do carro em movimento", como gosta de citar o técnico Jair Ventura.

CONFIRA AS DEFESAS DO PEIXE NO ANO:

CAMPEONATO PAULISTA:

1ª RODADA

Linense 0 x 3 Santos

Vanderlei; Victor Ferraz; Lucas Veríssimo, David Braz e Romário

2ª RODADA

Santos 0 x 1 Bragantino

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Romário

3ª RODADA

Ponte Preta 1 x 2 Santos

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Caju

4ª RODADA

Santos 1 x 1 Ituano

Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Robson Bambu e Caju

5ª RODADA

Palmeiras 1 x 1 Santos

Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, David Braz e Caju

6ª RODADA

Ferroviária 2 x 2 Santos

Vanderlei; Daniel Guedes, Gustavo Henrique, David Braz e Caju

7ª RODADA

Santos 2 x 0 São Caetano

Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Caju

8ª RODADA

São Paulo 0 x 1 Santos

Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jean Mota

9ª RODADA

Santos 2 x 0 Santo André

Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota

10ª RODADA

Santos 1 x 1 Corinthians

Vanderlei;Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota

11ª RODADA

Novorizotino 2 x 1 Santos

Vanderlei;Daniel Guedes, Lucas Veríssimo (fez gol contra), Gustavo Henrique e Dodô

12ª RODADA

Santos 3 x 1 São Bento

Vladimir; Robson Bambu (Victor Yan), Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô

LIBERTADORES*

1ª RODADA

Real Garcilaso 2 x 0 Santos

Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota

*Não estão computadas as alterações ao longo do jogo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos