BID da CBF publica rescisão, e Scarpa não pode jogar pelo Palmeiras

O Boletim Informativo Diário (BID) da CBF publicou na tarde desta sexta-feira a rescisão do contrato de Gustavo Scarpa com o Palmeiras. Isso significa que, neste momento, ele não tem condições legais de jogar pelo clube.

A publicação faz valer a decisão tomada na quinta-feira pelo Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, que derrubou a liminar que liberava Scarpa de seu vínculo com o Fluminense.

Os advogados do jogador vão recorrer e acreditam que conseguirão anular esta decisão rapidamente. O Palmeiras deixou o caso nas mãos deles e, por enquanto, aguarda. A possibilidade de negociar um acordo com o Fluminense (troca de jogadores, por exemplo) hoje é tratada como um plano B.

O técnico Roger Machado disse mais cedo que levaria Scarpa para o banco no jogo de ida das quartas de final do Paulistão, às 19h deste sábado, contra o Novorizontino. Enquanto o registro do atleta estivesse vigente na CBF, ele poderia atuar. Agora, não pode mais.

A decisão foi publicada pelo BID enquanto a delegação palmeirense já viajava de ônibus para Campinas, de onde tomará um avião para São José do Rio Preto. O grupo embarca para Novo Horizonte no próprio sábado. O clube não divulgou se Scarpa já foi ou será cortado da delegação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos