Após superar Carli, Marcelo revela: 'Sempre me espelhei muito nele'

Se no ano passado, Marcelo alternava participações boas, outras nem tanto, e uma frequência mais relacionada às ausências de Carli, agora tudo mudou. O zagueiro revelado na base do Botafogo é o preferido do momento por Alberto Valentim, treinador que chegou no clube há um mês e colocou o argentino no banco de reservas. Mas o atual titular de uma dupla jovem às vésperas de mais um clássico minimiza a concorrência.

- Não tomei a vaga dele, não (risos). É o capitão da equipe e sempre me espelhei muito nele. Foi uma opção do treinador, que escolheu quem está melhor no momento - entende Marcelo, lembrando que o xerife utilizou a braçadeira quase sempre em que começou jogando. Nos últimos jogos, também sem Jefferson, João Paulo tem sido o líder oficial do time em campo.

Ao lado de Marcelo, Igor Rabello também está cada vez mais consolidado no time titular. Entre os suplentes, o argentino se reveza com Yago, contratado por empréstimo junto ao Corinthians como opção num banco para sete jogadores apenas, no Campeonato Carioca.

Além deles, o Glorioso também conta com os promovidos nesta temporada do time de juniores para o profissional: Kanu e Helerson. O primeiro chegou a ser inscrito no Estadual da categoria principal no ano passado, mesmo sem fazer parte do elenco - era o contexto da subutilização de Emerson, que não renovou o vínculo e hoje defende o Palmeiras.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos