Como em 2017, Palmeiras abre larga vantagem contra o Novorizontino

O mesmo confronto, a mesma fase, os mesmos heróis... O Palmeiras abriu vantagem diante do Novorizontino, nas quartas de final do Paulistão, ao vencer por 3 a 0 fora de casa com gols de Dudu, Willian e Borja. Os dois primeiros já haviam marcado nos duelos do ano passado, também pelas quartas. O jogo de volta será quarta, no Allianz.

Palmeiras na frente

O fraco primeiro tempo do jogo terminaria sem gols se Tony não tivesse cometido pênalti estúpido em Borja aos 20 minutos. Dudu, agora no top 100 de atletas que mais usaram a camisa do Palmeiras (175 vezes), encheu o pé e converteu.

Eu? Eu não!

O segundo tempo começou com um mal-entendido: Felipe Melo sentiu dores e fez um gesto que Roger Machado interpretou como pedido de substituição. O técnico chamou Moisés, passou as instruções e o mandou entrar. O auxiliar levantou a placa e Moisés esticou a mão para cumprimentar o companheiro que estava saindo, mas Felipe chegou à beira do campo avisando que estava pronto para voltar ao jogo. E voltou!

Outro mal-entendido

Minutos depois, Borja recebeu uma bola perto da área e tocou para a esquerda, onde não havia nenhum jogador do Palmeiras. O colombiano, muito irritado, partiu para cima de Tony acusando o lateral de ter pedido a bola para ludibriá-lo. O árbitro deu cartão amarelo para o palmeirense, que foi substituído logo depois por Keno. Apesar de ter sofrido o pênalti, Borja teve uma de suas piores atuações no ano. Ele disputará amistosos com sua seleção e só volta ao time em uma eventual decisão.

Keno decisivo

Willian já havia ficado no "quase" duas vezes, uma em cada tempo, quando Keno o acionou com um belo lançamento aos 31 minutos do segundo tempo. O atacante enganou o goleiro Oliveira e deixou sua marca.

Outro que ficou no "quase" duas vezes foi Safira, artilheiro do Novorizontino: uma cabeçada para fora no primeiro tempo e outra muito bem defendida por Jailson no segundo. No caso dele, o gol não saiu.

Quem marcou foi Keno, aos 43, finalizando forte após cruzamento de Marcos Rocha. Ele se credencia a ser titular na ausência de Borja.

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO 0 X 3 PALMEIRAS

Local: Dr. Jorge Ismael de Biasi, Novo Horizonte (SP)

Data-Hora: 17/3/2018 - 19h

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira

Público/renda: 8.121 pagantes/R$ 407.000,00

Cartões amarelos: Cléo Silva e Tony (NOV), Bruno Henrique, Antonio Carlos, Borja, Thiago Martins e Victor Luís (PAL)

Cartões vermelhos: -

Gols: Dudu (20'/1ºT) (0-1), Willian (31'/2ºT) (0-2), Keno (43'/2ºT) (0-3),

NOVORIZONTINO: Oliveira; Tony, Anderson Salles, Éder e Thallyson; Adílson Goiano, Lucas (Everton, aos 12'/2ºT) e Jean Carlos (Magno Alves, aos 28'/2ºT); Cléo Silva, Juninho (Francis, aos 20'/2ºT) e Alisson Safira. Técnico: Doriva.

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Antonio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo (Moisés, aos 37'/2ºT), Bruno Henrique e Lucas Lima (Guerra, aos 27'/2ºT); Dudu, Willian e Borja (Keno, aos 20'/2ºT). Técnico: Roger Machado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos