Do CSA para a Liga Europa? Brazuca quer voar alto com o Desportivo Aves

Pelo menos no futebol não é das pontes aéreas mais comuns, mas o zagueiro Jorge Felipe a fez. Aos 29 anos, o defensor deixou o CSA, clube onde foi campeão brasileiro da Série C de 2019, e transferiu-se para o Desportivo das Aves, da elite do futebol português.

Recém promovido à Série A local, a Primeira Liga, a equipe da Grande Porto sonha alto, assim como o defensor, que também jogou no Nova Iguaçu, Madureira e Figueirense. A equipe está em 13º na classificação, com 25 pontos em 27 rodadas. São dois à frente das equipes do Z2 e a 15 do sexto, última posição que belisca uma vaga na Liga Europa do ano seguinte. Neste ano, ele quer manter o time na elite, mas em 2019....

- Vejo possibilidade de coisas boas acontecerem, por isso tenho procurado trabalhar para fazer boas apresentações e apesar de sentir saudades do Brasil, estou vivendo como um grande momento na minha carreira e quero prosseguir. Mas quero manter o clube na primeira divisão e terminar bem. Depois pensamos em outra situação - comentou.

Após dois meses de adaptação, Jorge estreou no último dia 10, quando a sua equipe perdeu de 2 a 0 para o Benfica, vice-líder, com 68 pontos. Mas ele vibra com a sua atuação, quando jogou os 90 minutos e apareceu para o futebol local.

- Foi um partida importante, o momento de apresentar o meu trabalho e demonstrar o meu valor. Fiquei feliz pela excelente atuação, depois de um período sem atuar desde que me sagrei campeão no Brasil. Como todo jogador quero ter sequência de jogos. Tenho vínculo com o clube até junho de 2019 e pretendo permanecer na Europa e no momento não pretendo retornar ao Brasil - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos