Após falha, goleiro do Azulão afirma: 'Momento é de recolher cacos'

O goleiro Paes não demorou a se manifestar sobre o seu desabafo após a eliminação do São Caetano nas quartas de final do Campeonato Paulista. Em entrevista ao programa "Seleção Sportv" nesta quarta-feira, o responsável pela meta do Azulão reconheceu que segue abatido por sua falha no gol de Tréllez, mas garantiu que o momento é de se reerguer:

- Hoje, a gente ainda está triste, mas estamos trabalhando da melhor maneira possível para recolher os cacos. O momento é de reerguer a cabeça.

O jogador de 35 anos ainda contou que sua frustração fica maior pelo elenco montado no São Caetano:

- Nós temos um grupo muito bom, que não merecia ter saído nas quartas de final. Chegar numa fase dessas ainda e ser eliminado por uma indecisão minha me chateou muito. A gente não merecia sair logo.

Paes disse que o erro não aconteceu por não saber jogar com os pés. E revelou que já fazia treinos para evitar episódios que culminaram no gol de Tréllez:

- Não foi nem uma deficiência técnica, porque treino isto todo dia com o professor Pintado. Foi uma tomada de decisão errada que eu tive em segundos. Na hora nem vi que ele (Tréllez) estava botando o pé. Mas sei que vou superar isso.

O goleiro do Azulão afirmou que o amparo da família tem sido crucial para lidar com o momento ingrato após a eliminação no Paulistão:

- Eu tenho certeza de que vou sair desta situação incômoda. Não gostaria de estar passando, mas tenho certeza de que vou dar a volta por cima. Ontem (terça-feira), minha esposa me apoiou muito. Ela ainda disse: "calma, você tem 2018 inteiro, o mundo não acabou ontem".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos