Após visita a João Paulo, Rildo revela: 'Não foi maldade, precisava explicar'

O lance entre Rildo e João Paulo, que acabou causando uma fratura na tíbia e na fíbula da perna direita do botafoguense foi mais falado até que os cinco gols do clássico entre Botafogo e Vasco, no último domingo. Após muita polêmica, o jogador do Vasco revelou que visitou o companheiro de trabalho no hospital para pedir desculpas e acabou sendo tranquilizado por João Paulo.

- Consegui com um colega o telefone do João na segunda-feira e entrei em contato com ele. Queria, além de pedir desculpas, visitá-lo, pois sei que é a pior sensação do mundo ficar internado. Passei por isso já e não desejo para ninguém - disse o jogador, ao site Globo Esporte:

- Então fui lá no hospital, pedi desculpas para ele e pra mulher dele, que estava lá também. Ele pediu pra eu não ficar com peso na consciência porque poderia acontecer com qualquer um. Foi um lance muito forte, muito mesmo, mas não foi por maldade, e isso eu precisava explicar. Agora estou daqui torcendo para que ele se recupere o quanto antes e volte aos gramados para fazer o que mais ama - completou Rildo.

Rildo foi denunciado no artigo 254, que pune 'atuação temerária ou imprudente'. O prazo máximo para a pena é de 180 dias e o caso ainda será julgado. O presidente do TJD, Marcelo Jucá, negou o pedido de suspensão preventiva ao atacante, que, curiosamente, completa 29 anos de idade nesta terça-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos