Coutinho não escolhe posição e elogia preparação da Seleção na Rússia

Philippe Coutinho é titular absoluto do esquema do técnico Tite. Com Neymar, ele atua mais aberto pela direita, com o camisa 10 à esquerda e Renato Augusto centralizado. Em entrevista coletiva, o meia do Barcelona afirmou não ter preferência sobre em qual setor do campo pode ser escalado pelo treinador na partida diante da Rússia, nesta sexta-feira, às 13h (de Brasília), em amistoso preparatório para a Copa do Mundo.

- Na minha cabeça é indiferente, tenho que estar sempre preparado. É isso que mentalizo para quando tiver oportunidade responder à altura, em grande nível. Sempre respeitando a posição, o que deve fazer o jogador em cada posição, e em relação a isso deixo para o treinador, onde ele prefere e precisa - destacou.

Desde janeiro, Coutinho está no Barcelona, onde faz dupla no meio de campo com Paulinho, assim como na Seleção. Em pouco mais de dois meses no time catalão, ele falou sobre a adaptação ao estilo de jogo da equipe.

- Estou me adaptando ao futebol espanhol, ao meu novo clube. Cheguei há pouco tempo, tenho na cabeça que preciso aprender, evoluir, entendendo a forma que eles jogam e treinam, que realmente é um pouco diferente do que eu estava acostumado. O que eu agrego na Seleção é minha vontade de vencer, estar aqui, sempre tentando fazer meu melhor - avaliou o ex-jogador do Liverpool.

Neymar também voltou a ser destaque na coletiva de Coutinho, assim como aconteceu na do Willian. Para o meia do Barcelona, o camisa 10 do PSG, que se recupera de cirurgia no pé direito, faz falta à Seleção, mas acredita que o Brasil tem jogadores capazes de substitui-lo.

- O Neymar é um grande jogador, muito importante para nossa Seleção, sentimos a falta dele, mas temos que suprir de alguma forma. A Seleção cresceu muito coletivamente, isso é o ponto principal e temos que seguir dessa maneira. Sobre tática, acho que será parecido, algum jogador terá que ocupar a posição dele e quem entrar terá todas as qualidades para responder à altura - afirmou.

Coutinho apontou ainda a importância de disputar o amistoso diante da Rússia no palco que será a final da Copa do Mundo: o Estádio Luzhniki, em Moscou.

- Para nós essa preparação aqui está sendo importante, conhecer o país sede da Copa, um pouco das instalações. Vamos jogar nesse estádio e espero que possamos estar lá na final, para isso temos que trabalhar muito bem. Continuar em alto nível nesse período final para chegar à decisão e jogar nesse estádio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos