Donos do Allianz: Prass e Dudu são a força do Palmeiras para selar vaga

O Palmeiras encara o Novorizontino nesta quarta-feira às 21h45, no Allianz Parque, para confirmar a passagem para a semifinal do Campeonato Paulista após vencer o jogo de ida por 3 a 0. O Verdão toma cuidados para não dar margem ao azar, mas o torcedor pode ficar tranquilo que a casa estará bem protegida: estarão em campo Fernando Prass e Dudu, os dois maiores símbolos da recente história do estádio.

Um dos líderes do elenco, Prass voltará ao time no duelo desta noite por conta da suspensão de Jaílson, punido com três jogos por episódios no clássico contra o Corinthians na Arena. O arqueiro, hoje na reserva, é o recordista de jogos do Palmeiras no Allianz: 79 partidas.

Na cola dele está Dudu, capitão do Verdão. São 77 jogos disputados na casa palmeirense, suficientes para uma marca invejável: com 22 gols, ele é o jogador que mais balançou redes no estádio. Respeito! Os números animam o camisa 7, que vive um jejum no seu palco preferido. Ele ainda não marcou lá este ano. No entanto, não há adversário e cenário melhor para Dudu voltar a fazer o torcedor festejar.

Em três jogos contra o Novorizontino, Dudu sempre deixou sua marca. Melhor: sempre que o atacante marcou, o Palmeiras nunca foi derrotado. Ou seja, gol do camisa 7 nesta noite é sinônimo de vaga garantida.

- Motivação sempre tem, né? Ainda mais num jogo decisivo, que vale a classificação. Realmente, nas últimas partidas contra eles eu consegui fazer gol e espero que essa história se repita na quarta e que o Palmeiras saia classificado - afirmou Dudu, em entrevista ao LANCE!.

Até porque a vantagem do Palmeiras é gigante. A equipe venceu, com um gol de Dudu, o duelo de ida no último sábado por 3 a 0. Agora, pode até perder por dois gols que avança às semifinais. Se for por três, a decisão será nos pênaltis, situação em que Prass costuma brilhar.

O Novorizontino precisará de uma façanha para eliminar o Palmeiras no Allianz Parque. Ainda mais porque o palco estará muito bem guardado pela dupla que mais o conhece.

Confira um bate-papo com Dudu antes da partida contra o Novorizontino:

Você é artilheiro da história do Allianz, mas ainda não marcou lá este ano. Como está a expectativa para voltar a balançar redes em seu palco preferido?

Verdade, está na hora de fazer, né? (rs). Deixando a brincadeira de lado, não fico pensando muito nisso porque o que mais importa é o Palmeiras vencer as partidas. É claro que marcar sempre é especial, ainda mais na nossa casa, diante da nossa torcida. Se eu tiver a chance de balançar as redes, ficarei muito feliz.

Uma vitória garante o Palmeiras decidir no Allianz até nas finais. Qual a importância disso?

Todo mundo sabe que o Palmeiras é muito forte jogando em casa. Nossa torcida sempre lota o estádio e nos apoia do começo ao fim. Nosso objetivo, desde o começo do campeonato, foi conquistar essa vantagem e iremos em busca disso.

Qual gol mais importante marcado até hoje no estádio?

Todo gol é especial, mas acredito que os dois que fiz na final da Copa do Brasil contra o Santos foram os que mais me marcaram por várias razões. Era uma decisão de um campeonato nacional, contra um grade rival, era o meu primeiro título.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos