Expulsão prejudica Figueirense, que perde para Joinville fora de casa

Com a expulsão de Nogueira logo no início do jogo, o Figueirense não conseguiu obter reação e perdeu por 1 a 0 para o Joinville, nesta quarta-feira, na Arena Joinville, válido pela 15ª rodada do Estadual. O gol foi marcado por Rafael Grampola, de pênalti, que garantiu os três pontos para o JEC.

Com a derrota, o Furacão perdeu a invencibilidade do Campeonato Catarinense, mas permaneceu na segunda posição, com 30 pontos. Enquanto o Tricolor se manteve no quarto lugar, com 21 somados.

O JOGO

Partida entre as equipes começou acirrada, com jogadas brigadas. Tanto que aos 10 minutos, o zagueiro Nogueira recebeu o primeiro cartão amarelo da partida, e isso refletiu dois minutos depois, que o mesmo jogador cometeu pênalti, em Madson, e recebeu cartão vermelho direto. Na cobrança, Rafael Grampola bateu e colocou o Joinville na frente no placar e com um a mais no campo.

Com a expulsão de Nogueira, o técnico Milton Cruz foi forçado a fazer uma substituição ainda no primeiro tempo, e optou por tirar um jogador de ataque: Maikon Leite foi escolhido. Com isso, o Furacão buscou se arrumar com um atleta a menos, e segurar o ímpeto do Joinville.

Na segunda etapa, o Figueirense continuou suprir a ausência de Nogueira e o treinador do Furacão permaneceu buscando formas de empatar partida. E para alegria do Furacão, o zagueiro Bruno Aguiar, do JEC, também foi expulso, aos 34 minutos, o que deu ânimo para o time alvinegro, mas pouco tempo para reação. Resultado final: 1 a 0.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos