Sidão revela desentendimento com companheiro em treino do São Paulo

De volta ao time titular do São Paulo após se recuperar de uma contratura na coxa direita, o goleiro Sidão revelou que teve um desentendimento com um jogador do elenco tricolor no treino do último domingo, no dia seguinte ao primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista, contra o São Caetano (derrota, por 1 a 0, no Anacleto Campanella). O arqueiro, no entanto, preferiu não revelar o nome do outro jogador envolvido na discussão.

- Foi coisa de treino. Treino de campo reduzido, de competição, de ganhar e perder. Isso foi uma das coisas que me deixou chateado no domingo porque não sou de fazer isso. Essa foi uma das coisas que me fizeram postar o vídeo, para relaxar e voltar a fazer o que eu amo - relatou o arqueiro são-paulino na zona mista do estádio do Morumbi, logo após o triunfo que colocou o Tricolor na fase semifinal do Paulistão.

O vídeo que Sidão se refere foi postado em sua conta no Instagram, no domingo (18), no dia seguinte à derrota do Tricolor em São Caetano do Sul. Nas imagens, o goleiro aparece fazendo defesas importantes e saindo jogando com os pés, uma de suas principais características.

Naquela ocasião, a postura do jogador foi interpretada por alguns como uma crítica ao desempenho de Jean, seu concorrente pela vaga de titular no São Paulo e responsável pela falha na partida disputada no ABC Paulista, que resultou no gol do Azulão naquele confronto. Sidão fez questão de rebater as polêmicas criadas nas redes sociais e se defendeu das críticas.

- Vi maldade nisso. Como expliquei aqui fiquei um tempo sem jogar e, no domingo, foi um momento meu de expressar minha gratidão por estar voltando a treinar. Jamais pensei no jogo de sábado quando expressei aquilo na minha rede social. Estava expressando o meu sentimento, minha vontade de voltar a trabalhar e treinar. Postei o vídeo somente para isso, para agradecer as pessoas que gostam de mim. Algumas pessoas viram maldade, mas internamente estamos cuidando para que as coisas externas não entrem aqui (no clube) - pontuou o goleiro.

Ainda de acordo com Sidão, o desentendimento foi resolvido no mesmo dia, logo após o fim da atividade no CT da Barra Funda. O jogador preferiu não dar o nome de seu desafeto para não criar mais polêmicas e garantiu que o assunto ficou no passado.

- Já me acertei, isso é coisa de treino. Quando (o Diego Aguirre) apitou o fim do treino a gente já tinha se acertado. Coisa normal, de quem quer ganhar, igual eu queria hoje (terça). Ver o São Paulo desse jeito, guerreiro, brigando, aguerrido, competitivo. E o que acontece internamente a gente resolve internamente e assim que tem de ser - concluiu o titular do Tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos