Willian cita importância de Neymar, fala de Ismailly e elogia a Rússia

A ausência de Neymar nos amistosos diante de Rússia e Alemanha deve acirrar a disputa por um lugar entre os titulares do técnico Tite. Um dos favoritos a ficar com a vaga é o meia-atacante Willian, um dos grandes destaques do Chelsea na atual temporada.

Nesta sexta-feira, o adversário é a Rússia, às 13h (de Brasília), em Moscou, uma das sedes da Copa do Mundo. Provável titular, Willian falou sobre o elenco da seleção anfitriã. O jogador tem a experiência de ter atuado no Anzhi e também no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

- Joguei seis meses na Rússia, conheço alguns jogadores dos tempos de Anzhi. São rápidos, um elenco jovem, mas esperamos um jogo difícil. Estamos nos preparando bem para esse jogo preparatório para a Copa, nosso objetivo é jogar bem para continuarmos o que vínhamos fazendo. Nosso objetivo principal é a Copa do Mundo - afirmou o meia dos Blues, em entrevista coletiva.

Um dos homens de confiança de Tite, Willian comemorou já ter sido confirmado na Copa do Mundo pelo treinador. O meia do Chelsea falou ainda sobre a chegada de novos jogadores à Seleção.

- É uma felicidade muito grande saber que vou disputar mais uma Copa do Mundo, mais um sonho se realizando na minha vida. Sempre tem ansiedade do jogador que chega pela primeira vez, mas como aconteceu comigo, fui recebido com carinho, e esses também. Demos confiança a eles e esperamos que eles possam fazer o melhor, estamos aqui para ajudá-los da melhor forma. Somos um grupo e queremos o melhor de todos - salientou.

Willian falou também da importância de Neymar para a Seleção Brasileira. O camisa 10 está se recuperando de uma cirurgia no quinto metatarso do pé direito e voltará a jogar somente em maio, um mês antes da Copa do Mundo.

- O Neymar é um jogador importante, sabemos da importância dele na Seleção, mas acho que o importante hoje é o coletivo muito forte. Isso aparecendo, as individualidades vão aparecer normalmente. Queríamos tê-lo conosco, mas temos grandes jogadores que podem fazer a diferença.

Entre as novidades da Seleção está o lateral-esquerdo Ismaily, que foi convocado para o lugar do lesionado Alex Sandro - que já havia sido chamado para substituir Filipe Luís. Willian declarou que não teve a oportunidade de jogar com o novato no Shakhtar.

- Eu não conhecia o Ismaily, quando eu saí do Shakhtar ele chegou, mas já vi alguns jogos do Shakhtar e pude conhecê-lo pessoalmente agora. Se ele está aqui é porque fez por merecer, o Shakhtar vem jogando muito bem, fez uma campanha boa na Champions e acabou sendo eliminado, mas pelos jogos que vi é um jogador de muita qualidade. Estamos aqui para ajudá-lo da melhor maneira possível.

Willian cresceu de rendimento no Chelsea e assumiu a titularidade absoluta do time inglês ao lado de Hazard, com Pedro ficando como opção no banco. Diante da grande fase que vive na carreira, o meia revelou que tem se preparado muito para chegar 100% no Mundial. Mas rejeitou o papel de protagonista na Seleção.

- Sem dúvida nenhuma vou procurar fazer meu melhor para chegar melhor do que em 2014. Você amadurece e aprende muitas coisas. Tenho feito trabalhos específicos, mudado alimentação dentro da minha casa para poder chegar bem à Copa do Mundo. O objetivo é ajudar a Seleção Brasileira. Nosso objetivo não é ser protagonista, e sim levantar a taça de campeão do mundo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos