Lembra dele? Caio, o talismã, marca gol no fim e leva time à final na Ásia

Ex-Internacional, Figueirense e Botafogo, onde era conhecido como "talismã" e despontou para o futebol, o atacante Caio, hoje aos 27 anos, é um dos principais nomes do Al Wasl, da elite dos Emirados Árabes Unidos. Por lá, fazer gol é rotina do jogador, que era criticado no Rio de Janeiro pela dificuldade de finalização.

O último tento foi nesta quinta-feira, quando marcou, nos acréscimos, o gol da vitória do seu time sobre o Al-Ahli, de virada, por 3 a 2, no Zabeel Stadium, em Dubai. Com a bola na rede, ele garantiu o seu time na final da Copa Emirados, o similar à Copa do Brasil aqui no país.

- Foi um gol especial, que será bastante lembrado por mim, já que o jogo foi bem tenso e nos deu a chance de disputar minha primeira final desde que cheguei aqui, além de ter sido muito bonito. Nosso time lutou até o fim e, com o apoio dessa torcida apaixonada, conseguiu virar um jogo que parecia improvável pra muita gente - comentou Caio Canedo.

Na decisão, o Al Wasl irá enfrentar o Al-Whada, ainda sem data definida. Caio, que tem sete gols na competição, também falou sobre a possibilidade de conquistar seu primeiro título com a camisa do clube onde está desde 2015. São 70 gols em 117 partidas.

- Teremos a oportunidade de conquistar um título relevante pelo Al Wasl e ficar marcado de vez na história do cube. Além disso, essa conquista pode garantir uma vaga para a Liga dos Campeões da Ásia da próxima temporada, o que torna a competição ainda mais importante. Mas, claro, sabemos que teremos um grande adversário pela frente e que são equipes que já se conhecem bem. Vai ser um grande jogo - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos