Triunfo sobre o América-MG deixa Galo a um empate da final do Mineiro

No Independência, Atlético-MG e América travaram uma intensa batalha durante 95 minutos e, apesar do desempenho equilibrado, a vitória por 1 a 0 ficou nas mãos dos comandados de Thiago Larghi, que contaram com gol de Cazares para garantir a vantagem de se classificar à final do Campeonato Mineiro até se perder o jogo de volta por um gol de diferença.

Com jogo pegado no meio de campo, Atlético-MG e América conseguiram realizar algumas jogadas perigosas no primeiro tempo. Entretanto, apesar dos riscos aos goleiros, foram as diversas finalizações perdidas que chamaram a atenção. Assim como nos jogos anteriores, Ricardo Oliveira participou dos principais lances do Galo, enquanto o arqueiro Jory foi o que mais teve trabalho pelo lado do Coelho. Os espaços e a abundância de chutes altos e errados prejudicaram os dois times, que brigam por vaga na final do Campeonato Mineiro.

No Independência, Atlético-MG e América travaram uma intensa batalha durante 95 minutos e, apesar do desempenho equilibrado, a vitória por 1 a 0 ficou nas mãos dos comandados de Thiago Larghi, que contaram com gol de Cazares para garantir a vantagem de se classificar à final do Campeonato Mineiro até com um empate. As equipes voltam aos gramados no próximo domingo, às 16h, pelo jogo de volta das semifinais. E a missão será difícil para o Coelho, que precisa de uma vitória por um gol de diferença para avançar.

Mandante, o Galo conseguiu se desenvolver melhor, mas ainda assim, a chance mais clara de gol só aconteceu aos 33 minutos. Na linha de fundo, Patric recebeu belo passe de Luan e cruzou na medida para Ricardo Oliveira, que encheu o pé na segunda trave, mas mandou a bola para fora. No final do primeiro tempo, o América ainda balançou as redes com Aylon, de perna esquerda, mas o auxiliar assinalou impedimento de Norberto, que estava à frente do atacante e tentou o cabeceio antes de a bola entrar. Em tese, o lance foi legal, já que o lateral direito não encostou a cabeça, mas o bandeirinha garantiu o contrário.

Após o gol ser anulado incorretamente, os times foram para o vestiário tensos, principalmente porque o América já havia solicitado à Federação Mineira de Futebol que um árbitro de outro estado fizesse parte do sorteio. A entidade acatou, mas Igor Junio Benevenuto foi sorteado para apitar a partida, algo que não agradou o Coelho, devido ao envolvimento do árbitro em lances polêmicos na última vez em que as equipes se enfrentaram pelo Mineiro, ao validar gol irregular do Atlético-MG e anular o tento que daria o empate ao América.

Na volta aos gramados, mais um lance polêmico: Na segunda trave, Rafael Lima recebeu o escanteio e cabeceou para dentro do gol, que seria válido se o atacante Rafael Moura não tivesse tocado a bola com o pé antes de entrar. Após duas tentativas, o América ampliou a troca de passes no ataque e ficou ainda mais perto de mandar a bola na rede com chute forte de Serginho da entrada da área, salvo pelo atento Victor. Como resposta, Ricardo Oliveira encontrou Cazares na meia-lua e o meia deu um chute de primeira que tirou tinta do travessão de Jory.

Depois de deixar uma bola sair pela linha de fundo e outra nas mãos do goleiro alviverde, Luan encontrou Cazares na entrada da área. O meia dominou mal, mas deu sorte e conseguiu abrir o placar para o Atlético-MG aos 31 minutos da etapa final. A partida seguiu a mesma linha após o gol, com o Galo precionando o rival e fechando os espaços próximos a área. Cazares ainda arriscou o segundo gol aos 42 minutos, após tabela com Ricardo Oliveira, mas finalizou mal e deixou a bola escapar pela linha de fundo. Aos 48, o Coelho arriscou a última chance com cabeceio de Luan, que saiu por cima do gol de Victor.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 0 X 0 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)

Data-Hora: 22/03/2018 - 20h

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)

Assistentes: Felipe Alan Costa Oliveira (MG) e Ricardo Júnio de Souza (MG)

Público/renda: -

Cartões amarelos: Erik, Fábio Santos (CAM); Aylon, Jory, Norberto, Giovanni (AME)

Cartões vermelhos: -

Gols: Cazares (31''/2ºT) (1-0)

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Adilson, Elias (Gustavo Blanco, aos 16'/2ºT), Cazares; Luan (Tomás Andrade, aos 35'/2ºT), Erik (Otero, aos 16'/2ºT), Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

AMÉRICA-MG: Jory; Norberto, Messias, Rafael Lima, Giovanni; David (Wesley, aos 32'/2ºT), Zé Ricardo, Serginho (Ruy, aos 40'/2ºT); Luan, Aylon (Marquinhos, aos 25'/2ºT), Rafael Moura. Técnico: Enderson Moreira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos