Comissão de Arbitragem admite erro em gol anulado do América-MG

  • Erwin Oliveira/Estadão Conteúdo

O presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Mineira de Futebol (FMF), Giuliano Bozzano, admitiu nesta sexta-feira que o auxiliar Ricardo Junio de Souza errou ao anular um gol legítimo do América na primeira partida da semifinal do Campeonato Mineiro, vencida pelo Atlético, por 1 a 0, no Independência, em Belo Horizonte.

O assistente entendeu que o lateral-direito Norberto, do América, tocou de cabeça na bola antes da finalização de Aylon, o que deixaria o atacante em condição de impedimento.

"Acho que a arbitragem teve erros pontuais em momento importantes. Por isso, acabou tendo uma grande repercussão", disse Bozzano ao Superesportes.

Além do América-MG, o Cruzeiro também apresentou queixas a arbitragem na partida contra o Tupi pela semifinal do Campeonato Mineiro. O presidente Wagner Pires de Sá fez duras críticas os árbitros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos