O perigo de cima! No Bota, metade dos gols sofridos veio pelo alto

A via aérea do Botafogo está com o sinal amarelo ligado. No último jogo, contra o Vasco, a equipe de Alberto Valentim foi "bipolar" quanto ao quesito bola aérea: marcou dois de cabeça e viu a sua rede balançar da mesma forma pela mesma quantidade. No fim, final feliz para o dono do Nilton Santos, que venceu por 3 a 2 e avançou à final da Taça Rio.

Valentim, aliás, teve que responder a respeito dos gols em profusão levados de bola parada, um abacaxi que Felipe Conceição já tentara descascar no início da temporada. Até o momento, são oito gols levados por cima, sendo que o Glorioso já sofreu 16, ao todo, em 2018 - ou seja, metade veio das alturas.

- Vi um vídeo de 12 minutos e alguns segundos. Ficamos 45 minutos numa sala para corrigir a bola aérea. Falta lateral, a gente procura o máximo sair na batida da bola. Como corrigir? Só treinar, treinar e treinar - salientou o comandante.

O Botafogo já realizou 14 partidas na temporada: 13 pelo Carioca e um pela Copa do Brasil. No torneio nacional, em que houve a traumática eliminação para a Aparecidense, o Alvinegro sofreu os dois gols (2 a 1) da eliminação por cima. Conceição, na ocasião, foi muito criticado, principalmente por ter optado pelo esquema de três zagueiros pela primeira vez no ano ali. E houve vexame.

Com a sombra do aclamado Carli, Marcelo Benevenuto e Igor Rabello são os titulares da zaga. Valentim os prepara para o restante da temporada e, por isso, não mexe na dupla para dar rodagem a mesma.

Na estreia do Carioca, houve compreensível falha no empate diante da Portuguesa. Por cima também vieram gols contra Macaé e Flamengo pela Taça Guanabara, ainda sob o comando de Felipe. Com Valentim, foram três, sendo que um contra o Fla, já pela Taça Rio, tinha impedimento no lance.

O alerta está ligado, porém, após a animadora vitória contra o Vasco na última quarta, há um alento por mais paz no trabalho diário. Se Estadual não é parâmetro, o Brasileiro costuma cobrar caro os erros não afinados. Ainda há tempo de seguir a evolução e evitar contratempos maiores.

Confira frames dos oito gols levados pelo alto na galeria acima

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos