Revelação do São Paulo, Caíque se coloca à disposição de Aguirre

  • Rubens Chiri/saopaulofc.net

Utilizado pelo uruguaio Diego Aguirre no segundo tempo da partida contra o São Caetano, pelas quartas de final do Paulistão, na última terça-feira, o atacante Caíque, um dos jogadores da base que mais se destacaram nesta até este momento da temporada, elogiou o trabalho do novo treinador e fez coro para a entrada de jogadores revelados em Cotia no profissional do São Paulo.

"O Aguirre não teve muitos dias para treinar a gente, mas pelo pouco tempo, já deu para vermos que ele é um cara trabalhador e competitivo. Nós, da base, estamos treinando muito no dia dia e ele vem nos dando oportunidades de mostrar que podemos ajudar o São Paulo. Nós estamos correspondendo dentro de campo" afirmou o jogador, que era lateral nas categorias de base e virou atacante na equipe de cima.

Antes mesmo de Diego Aguirre assumir o comando do Tricolor no banco de reservas, Caíque já tinha tido uma chance com o treinador. Na partida contra o Red Bull Brasil, pela última rodada da fase de classificação do estadual, o garoto foi escalado como titular. Naquela ocasião, o uruguaio já havia sido anunciado pelo clube, mas não pôde dirigir a equipe por conta de problemas com seu visto de trabalho no Brasil.

Embora quase não tenha tempo para treinar o São Paulo, Aguirre vai conhecendo o elenco aos poucos. Antes de assinar com o Tricolor, o uruguaio assistiu a seis partidas da equipe e, diariamente vai coletando informações com outros funcionários que trabalham no departamento de futebol.

"Peguei muitas informações para vir. É um momento difícil, há uma pressão para conquistar coisas, o que é normal. Mas ainda não posso dar uma opinião definitiva dos jogadores. Foram poucos treinos, e os jogos são fundamentais para ver se aproveitam as oportunidades", disse o treinador em entrevista ao Sportv, na última quinta (22).

Ciente disto, Caíque e os outros jogadores revelados em Cotia trabalham arduamente por uma oportunidade. Os garotos reconhecem as dificuldades, principalmente com a equipe em um momento delicado na temporada, prestes a disputar a semifinal do Paulistão, a quarta fase da Copa do Brasil e a estreia na Copa Sul-Americana. Mesmo assim, se Aguirre precisar, vontade não será um problema.

"Me sinto pronto e preparado. Gosto de jogar decisões e estou confiante que posso ajudar o São Paulo nesses jogos importantes, nessa reta final do Paulistão", afirmou Caíque, que, aos poucos, busca se consolidar no Tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos