Treinador do Paysandu prepara mudanças no time para a semi

Bastante insatisfeito, o técnico Dado Cavalcanti não confirmou, mas provavelmente fará mudanças no time titular do Paysandu, no jogo decisivo contra o Bragantino-PA, na partida de volta das semifinais do Campeonato Paraense, neste sábado, às 18h. Jogando em casa, o Papão precisa de pelo menos dois gols para levar a partida para os pênaltis, tendo em vista que o Tubarão venceu o primeiro jogo por 2 a 0.

Zaga preocupa

A mudança mais esperada é na zaga. Diego Ivo sentiu o joelho no jogo de ida, obrigando o treinador a mover o volante Nando Carandina para fazer a função de terceiro zagueiro. Com isso, o Papão perdeu força na marcação, com apenas Cáceres de volante. Além de Ivo, Perema também está fora do jogo por conta de lesão na coxa.

Douglas Mendes e Alan Santos são as opções para a zaga. O primeiro, apesar de experiente, tem apenas um jogo no ano, já que sofreu uma lesão no joelho, ainda em 2017. Sem ritmo de jogo, voltou a treinar há pouco tempo e está sem ritmo de jogo. Alan Santos, por sua vez, não fez boa partida no jogo contra o Paragominas, na última rodada e não tem a confiança completa do treinador.

Meio campo e visita do presidente

O técnico também visa mudanças no meio campo. Moisés e Mike tem chances de ir para o banco, Renato Augusto surge como possibilidade no lugar de Cáceres, que com atuação muito ruim no jogo de ida, deve ser sacado do time.

Logo após a derrota no jogo de ida, os jogadores fizeram um treino regenerativo na academia e no gramado. Dado Cavalcanti ainda não decidiu a escalação, e se decidiu, ainda não revelou. Além do regenerativo, nesta quinta-feira, os jogadores tiveram um encontro com o presidente do Papão, Tony Couceiro, no estádio da Curuzu. O intuito do encontro foi para motivar e mobilizar os atletas para o jogo.

Bragantino

Após grande atuação contra o Paysandu, o Bragantina viaja a Belém e o técnico Arthur Oliveira, o "Rei Arthur", ainda não divulgou a escalação do Tubarão. Porém, ao que tudo indica, o treinador deve levar a campo a mesma formação que venceu o primeiro jogo.

Antes de viajar, a comissão técnica foi à escola pública Cristiano Rosa, na Vila Sinhá, pare retribuir o carinho dos estudantes. Antes da partida do jogo de ida, os alunos da escola enviaram cartas aos jogadores e o treinador usou isso na preleção, enfatizando o apoio da cidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos