Botafogo entra com representação contra a escolha do árbitro da semi

A insatisfação do Botafogo pela escolha de Marcelo de Lima Henrique como árbitro da semifinal do Campeonato Carioca não ficou somente nos bastidores. Dirigentes do Glorioso estiveram, na tarde desta terça-feira, na sede da Ferj, onde entregaram pessoalmente uma representação contra a decisão.

Tanto dirigentes quanto conselheiros e torcedores mostraram incômodo logo que souberam, na última segunda-feira, que seria Marcelo o responsável pelo duelo do Alvinegro contra o Flamengo. Memes, por exemplo, tomaram a internet sugerindo favorecimento ao rival.

O árbitro desta quarta-feira ficou marcado pelos botafoguenses especialmente a partir de 2008, por ter sido personagem do dia que resultou no "Chororô". A diretoria alvinegra se reuniu na noite desta segunda-feira e decidiu pela entrega pessoal da reclamação.

Recentemente, a diretoria já veio a público reclamar de árbitro. No caso, de Leonardo Garcia Cavaleiro, que não expulsou Rildo no jogo contra Botafogo e Vasco do último dia 18. Obviamente, a representação foi após a partida, e não antes, como agora.

Naquela partida, João Paulo sofreu duas fraturas numa dividida com o atacante do clube cruz-maltino.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos