Eliminado no Estadual, América-MG volta atenção para o Brasileirão

O América volta o seu olhar para o Campeonato Brasileiro, após a eliminação no Estadual. Até a estreia contra o Sport, no dia 15/04, são 20 dias de preparação para a competição. O objetivo nesse ano é permanecer na Série A e parar de conviver com o sobe e desce de divisão. O foco na competição e nos treinamentos já começaram e o Coelho continua a procura de reforços para a competição. O atacante Judivan já chegou.

Permanência é o objetivo

A permanência na Serie A é um dos principais objetivos do clube mineiro. Acostumado com o vai e vem entre as divisões, o América busca uma instabilidade na Série A, fator que traria mais investimento e ajudaria a consolidar uma situação financeira.

- Temos que aproveitar ao máximo as próximas semanas para evoluirmos, corrigirmos os erros e melhorarmos nosso rendimento em campo. Esse período será muito importante para recuperarmos e apresentarmos uma evolução até a estreia no Campeonato Brasileiro - pontuou o lateral Norberto

Melhor campanha no Brasileiro

Na história, o Coelho disputou 15 temporadas da Série A, tendo sua melhor campanha em 1973, quando ficou em sétimo lugar.Na ocasião, o time de 1973 foi considerado um dos melhores da história do América.

Comandado por Orlando Fantoni, terminou a primeira fase com a mesma pontuação do Santos de Pelé. Dentre os jogadores principais, o atacante Pedro Omar, o meia Juca Show, comparado a Didi por Nelson Rodrigues e o goleiro Neneca. O atacante Cândido foi o artilheiro do América na competição com 15 gols, até hoje recorde de um jogador com a camisa americana em uma edição do Brasileiro.

- Nossa equipe está muito motivada para o Campeonato Brasileiro. Temos que fazer um trabalho forte nas próximas semanas para entrarmos com um nível alto na competição, que é muito forte e equilibrada. O objetivo é fazer uma grande Série A, de muita regularidade - finalizou Norberto

Judivan

O América já acertou a contratação de um atacante. Judivan disputou 24 partidas pelo Cruzeiro e marcou três gols. Com passagens pela Seleção nas divisões de base, Judivan teve um baque na carreira após sofrer uma grave lesão em vários ligamentos do joelho esquerdo, em jogo válido pelo Mundial Sub-20, contra o Uruguai. Por dois anos e meio, o atacante passou por diversas cirurgias, até se recuperar completamente em 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos