Ex-Flamengo, Diego Maurício celebra bom começo de ano na Coreia do Sul

No país do K-Pop e de uma das melhores economias do mundo, Diego Maurício também busca o seu espaço. Hoje, com 26 anos, o atacante revelado pelo Flamengo e com passagens ainda por Sport, Bragantino, Rússia e Portugal, é um dos destaques da K-League, o Campeonato Sul- Coreano.

Lá, a temporada começa em março e o time dele, o Gangwon, venceu nas três primeiras rodadas, com dois gols de Diego. Ano passado, foram 13 bolas na rede em 36 jogos e ele confia que pode fazer ainda mais.

- A temporada passada foi boa, mas acho que esse ano dá fazer mais gols. Vou tentar ser o mais regular possível nos jogos e tentar sempre melhorar cada ano. Então espero aumentar média de gols e assistências e fazer um ano muito melhor do que do ano passado - comentou, ao LANCE!, o carioca, de 26 anos, que mesmo bem longe de sua terra natal, sente-se em casa na Coreia.

- Estou feliz e confortável na Coreia. Não só eu, como minha família também está. Mas nós sabemos que no futebol as coisas acontecem muito rápido e aqui na Ásia, assim como no Brasil e na Europa, o futebol é muito dinâmico. Tudo pode acontecer. No momento, estou com pensamento voltado aqui no o que tiver que ser, será - finalizou.

O curioso da história é que ele é o único brasileiro do time. Mas nada que o deixe sentindo-se isolado, sem companheiros no país asiático:

- Esse ano não tem nenhum brasileiro além de mim. Ano passado tinham dois (Serginho e Gerson) só que não ficaram para esse ano. Agora tem quatro estrangeiros, que é o limite. Minha relação com os coreanos é a melhor possível, me tratam super bem, me sinto em casa. Sou bem tratado aqui. Desde o presidente e diretoria até aos mais próximos, como jogadores e o treinador - contou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos