Com o Bota na final, Lindoso exalta superação: 'É para calar muita gente'

A vitória do Botafogo foi sem sofrer gol, contrariando a lógica que fazia o time ser criticado ao longo das semanas deste ano. E foi logo depois de uma derrota por 3 a 0 para o Fluminense. O 1 a 0 sobre o Flamengo, nesta quarta-feira, foi para quem aguentou a má fase e apoiou sempre, diz Rodrigo Lindoso, ao lembrar a dificuldade após o revés para o Tricolor.

- A gente começou a construir (o triunfo sobre o Fla) no vestiário pós-derrota para o Fluminense. Foi triste, fizemos um bom jogo, o resultado foi ruim. Méritos para o Fluminense. Mas começou ali. A semana foi forte, o Alberto falou bastante - disse Lindoso, antes de completar:

- Tivemos chance de matar o jogo. Isso é para calar muita gente. Falam muito do Botafogo... com todo respeito à Taça Rio, mas não valia nada. A vantagem era do Flamengo, mas conseguimos reverter. Nossos familiares nos apoiaram. Também é para calar a boca de muita gente que quer dar opinião - decretou.

Lindoso formou o meio-campo com Marcelo e Renatinho (depois Marcelo Benevenuto) e praticamente não deu espaço ao time de Carpegiani. O volante, que manteve a braçadeira mesmo com as presenças de Jefferson e Carli, não foi tanto ao ataque, mas ajudou bastante na marcação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos