Confiante, Otero quer marcar primeiro gol de falta do ano

De olho no troféu do Campeonato Mineiro, o Atlético vai mandar suas principais peças para tentar garantir um bom resultado no primeiro confronto diante do Cruzeiro, que acontece neste domingo, no Independência. Mantendo o mistério sobre a escalação, o técnico Thiago Larghi vem realizando treinos fechados durante a semana, mas a expectativa é de poucas alterações na equipe titular.

Um dos jogadores que podem iniciar a partida é Otero, que perdeu a posição depois de ficar fora de campo por conta de uma cirurgia plástica realizada sem a autorização do clube. Recuperado, o jogador revelou a intenção de voltar a dar alegrias ao torcedor.

- Isso não tem nada a ver. Não ia ser diferente. Ele me colocou fora do jogo, mas esperei minha oportunidade e agora sou titular novamente. Espero corresponder - disse o venezuelano durante entrevista coletiva.

Na visão do meia, o objetivo do Galo é garantir uma boa vantagem neste domingo, no Independência, levando em consideração que uma derrota poderia prejudicar os planos da equipe, que conhece bem a força do Cruzeiro diante da torcida no Mineirão.

- A gente vai tentar ganhar em casa com nossa torcida, porque depois tem um jogo muito difícil. Vai mudar o campo. Não jogamos no Mineirão este ano. Então vamos nos adaptar a isso, jogando no Mineirão com a torcida deles, tentando fazer gol.

O desempenho de Otero nesta temporada ainda não encheu os olhos dos atleticanos. Apesar da boa campanha que realizou no final do Campeonato Brasileiro de 2017, o meia balançou as redes apenas uma vez neste ano, contra o Figueirense pela Copa do Brasil, e deu seis assistências.

- Estou até meio frustrado porque o gol de falta não saiu até agora. Mas vou continuar tentando. Ele vai sair e dará tudo certo.

Para voltar a ser o astro dos gols de falta, o venezuelano conta com a experiência de Éder Aleixo. Jogador do Galo nas décadas de 1980 e 1990, o "bomba de Vespasiano" trabalhou como captador de talentos para as categorias de base até ser promovido temporariamente a auxiliar de Thiago Larghi. Nos treinos de bola parada, Éder é presença certa e não demorou para conquistar a confiança do meia.

- Aproveito bem meus treinamentos com ele (Éder Aleixo). Conversando muito comigo, ele fala nos escanteios também, sobre os gols olímpicos que ele já fez. Falei muito com ele e está me ajudando bastante - contou Otero.

O Atlético-MG continua se preparando para o clássico deste domingo, contra o Cruzeiro. No Independência, as equipes se enfrentam às 16h, no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos