Limpa geral: Mozer e Jayme de Almeida também são desligados do Flamengo

  • Apu Gomes/AFP

    Jayme de Almeida já comandou o time principal do Flamengo

    Jayme de Almeida já comandou o time principal do Flamengo

Após as saídas de Rodrigo Caetano e Paulo César Carpegiani, o Flamengo deu sequência à reformulação do departamento de futebol nesta quinta-feira (29). Jayme de Almeida, Mozer e Marcelo Martorelli também não fazem mais parte do corpo técnico.

São mais três consequências da eliminação diante do Botafogo, na semifinal do Carioca, que foi a gota d'água para uma mudança geral no comando do futebol.

Jayme de Almeida deixa o cargo de auxiliar técnico após anos de serviços prestados ao Flamengo. Começou a trabalhar na comissão técnica em 2010, assumindo o posto de treinador principal da equipe em algumas ocasiões. Em 2013, conquistou a Copa do Brasil e, no ano seguinte, foi campeão carioca no comando do time. Como jogador do Flamengo, foi campeão carioca em 1974.

O preparador físico Marcelo Martorelli também deixa a comissão técnica.

José Carlos Nepomuceno, o Mozer, por sua vez foi um dos maiores zagueiros da história do Flamengo, tricampeão nacional em 1980, 1982 e 1983, além de conquistar a Copa Libertadores e o Mundial Interclubes, em 1981.

Sua passagem pelo Flamengo como gerente de futebol começou em junho de 2016 e foi marcado por algumas polêmicas. A atuação do ex-jogador diante do elenco foi muito questionada, principalmente sua capacidade de cobrar os resultados, além da pouca atuação do profissional diante da imprensa, e da torcida, nos momentos de crise.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos