Sheik cita desrespeito ao Corinthians: 'Mostramos como se recebe e se joga'

Ao deixar o gramado da Arena Corinthians, classificado para a final do Campeonato Paulista depois de vencer o São Paulo no tempo normal e nos pênaltis, Emerson Sheik falou em desrespeito ao Timão por parte do Tricolor na ida, no Morumbi, no domingo. E disse que o time alvinegro deu uma lição ao rival, na educação e na bola.

- (O Corinthians) Foi desrespeitado, talvez. Falei no Morumbi que o Nenê é um cara que respeito, tem um caráter que não é duvidoso, mas, às vezes, a gente erra. E existe a grandeza de reconhecer e pedir desculpas. Mas o Corinthians mostrou como se recebe e se joga futebol - disse o veterano, pouco após o triunfo por 1 a 0 no tempo normal e por 5 a 4 nos pênaltis, recuperando a derrota por 1 a 0 no primeiro jogo.

Sheik lembrou a polêmica envolvendo Diego Aguirre e Fábio Carille, que expôs sua chateação por não ter sido cumprimento pelo técnico uruguaio antes do jogo no Morumbi. O atacante também falou da comemoração de Nenê, na ida, indo em direção ao banco do Corinthians após balançar as redes.

- Não querendo criar nenhuma polêmica, mas o exemplo do Corinthians para esse grupo de jogadores do São Paulo é de conscientizar que todos devem ser respeitados, não como ocorreu no Morumbi, com treinador e atleta - insistiu Sheik, enaltecendo o Corinthians.

- Parabéns pela atitude dos atletas. Não caímos em provocação, vencemos jogando futebol, sem diminuir ninguém nem nenhuma instituição. Vieram e foram respeitados. Essa é a grandeza do Corinthians nos últimos anos, por isso vem conquistando títulos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos