Sidão se recusa a 'cair de cabeça erguida' e aponta derrota na loteria

Sidão deixou o campo da Arena Corinthians procurando palavras para definir sua clara chateação. O São Paulo segurou o empate até os acréscimos, quando levou gol de Rodriguinho e acabou ficando fora da final do Campeonato Paulista nos pênaltis. E o goleiro se recusa a ver queda de cabeça erguida na derrota para o arquirrival.

- Esse é o espírito: resgatar esse São Paulo que dá orgulho para o torcedor. Mas não tem como sair de cabeça erguida com derrota, não. Estamos chateados. Fizemos um grande trabalho. O resultado foi nos pênaltis, que é loteria. Enfim. É difícil, pô. Difícil. A gente queria muito essa vaga. Não deu - lamentou.

Por ter vencido o jogo de ida, no Morumbi, por 1 a 0, no domingo, o Tricolor só precisava empatar para se classificar, e segurou o 0 a 0 até os 47 minutos do segundo tempo, quando Rodriguinho teve liberdade depois de cobrança de escanteio para cabecear nas redes e definir o placar no tempo normal.

Nos pênaltis, Sidão defendeu a cobrança do próprio Rodriguinho. Mas Diego Souza e Liziero bateram nas mãos de Cássio, definindo a eliminação são-paulina em Itaquera.

- Até batemos bem os pênaltis. Nós nos reunimos ali no campo, falamos que a vaga seria nossa. Mas é mérito do Cássio, que pegou os pênaltis - comentou Sidão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos