Abel reconhece superioridade do Vasco, mas lamenta chances desperdiçadas: 'Não matamos'

O Fluminense tinha a vaga para a final do Campeonato Carioca na mãos. Exatamente até os 49 minutos do segundo tempo, quando o Vasco marcou no último lance e venceu por 3 a 2, nesta quinta-feira (29), no Maracanã. Após o baque da eliminação, o técnico Abel Braga considerou a partida 'fácil de explicar' e lamentou não ter matado a semifinal quando teve oportunidade.

- Esse jogo é relativamente fácil de explicar. Vasco veio em cima, conseguiu fazer o gol. Empatamos com uma boa jogada, uma das poucas do primeiro tempo. Viramos com um gol de falta e depois não seguramos a bola no ataque em momento algum. Tivemos algumas chances claras e não matamos - explicou o treinador.

A polêmica da partida ficou por conta do lance que originou o terceiro gol do cruz-maltino. A jogada nasceu de um lateral que seria para o Fluminense, mas a arbitragem sinalizou à favor do Vasco. Abel preferiu não reclamar de arbitragem, mas afirmou que a decisão errada decidiu a classificação.

- Dizem que bateu na mão do Fabrício. Para mim não importa. A lateral é nossa, e o jogo muda. Falta é atrás da linha de meio. Cara cobra para lateral e sai o gol. Ali é último lance. Ali acabou o jogo. Acho que pela situação do Vasco, a gente não poderia ter tomado dois gols simples - esbravejou.

O Vasco saiu na frente do placar, mas levou a virada e precisou ir até o último minuto para conseguir a classificação. Apesar do Fluminense estar em vantagem na maior parte do segundo tempo, Abel considerou que o rival foi melhor na partida, mas valorizou o espírito de luta de sua equipe.

- O Vasco jogou melhor, nós poderíamos ter matado, não matamos. Uma pena, um lateral mudou a história do jogo. Se você pegar do primeiro ao último minuto, o Vasco foi superior. O que aconteceu de diferente foi que levamos três gols. O adversário teve de lutar muito - finalizou.

Com a eliminação no Campeonato Carioca, o Fluminense terá 13 dias sem disputar partidas oficiais. O Tricolor volta a campo apenas em 11 de abril, contra o Nacional Potosí, pela Copa Sul-Americana. A estreia do Tricolor no Campeonato Brasileiro está marcada para o próximo dia 15, contra o Corinthians, em São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos