Fábio deixa vantagem de lado para se concentrar em vencer o Atlético-MG

Ídolo do Cruzeiro, o goleiro Fábio tem presença confirmada no clássico contra o Atlético, que acontece neste domingo, pela final do Campeonato Mineiro. Dentre as preocupações do arqueiro com a partida, uma das principais é a habilidade de Ricardo Oliveira, que tem seis gols anotados em 15 jogos.

Apesar da dificuldade que pode encontrar ao enfrentar o maior rival, a equipe celeste tem a vantagem de jogar por dois empates ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols para erguer a taça, o que não acontece desde 2014.

- Ricardo Oliveira é experiente, já vivenciou várias disputas e tem muita qualidade. Temos de ter atenção, estar bem postados defensivamente para não dar oportunidades para ele fazer as jogadas. E com os outros jogadores também. É nosso trabalho diário desde o início da temporada, independentemente do adversário - disse o goleiro durante entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira.

Os benefícios do Cruzeiro na final do Estadual são fruto de uma excelente campanha realizada pela equipe no decorrer da competição. Líder da primeira fase, a Raposa chega à final sem uma derrota na conta.

Mesmo com certa vantagem, Fábio prefere ignorar o fato de que a equipe pode conquistar o título mineiro até sem marcar gols para manter o foco em garantir bons resultados nas disputas.

- A vantagem é importante, valoriza o trabalho feito na fase preliminar da competição. Mas não temos de usar esta vantagem, ficar pensando nela. Dentro do jogo, se tiver a oportunidade de atuar de uma forma consistente, sua chance de sair com o resultado positivo é muito grande - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos