Palmeirenses celebram vantagem, mas pregam cautela para a volta

A qualidade do jogo pode não ter sido um primor, mas o clima com certeza esteve de acordo com uma final de campeonato entre dois dos maiores rivais do esporte. A vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians faz o Palmeiras levar uma boa vantagem para o Allianz Parque, no próximo domingo. E a avaliação dos jogadores segue a linha do "nada está ganho", mas celebram a construção do resultado.

Um dos palmeirenses que falaram sobre a importância da vitória foi o volante Bruno Henrique, que foi substituído aos 22 minutos do segundo tempo por conta de um desconforto muscular. Segundo ele, a equipe fez uma boa partida.

- Vantagem boa. Foi um grande jogo, bem tenso. Acho que nosso time soube jogar bem. A gente sai feliz pela vitória, mas ainda não acabou. A gente sabia da importância de vencer aqui para decidir em casa - comentou o camisa 19.

Lucas Lima foi outro jogador que celebrou a vantagem no confronto, mas pediu atenção para o jogo da volta, uma vez que o grupo não quer repetir o que aconteceu na fase anterioro, contra o Santos.

- Vamos entrar como se estivesse 0 a 0. O time deles é qualificado e não podemos dar mole. Sofremos na semifinal, então temos que trabalhar para fazer outro grande jogo - afirmou o meia antes de analisar sua atuação neste sábado:

- Eu tive que cumprir uma função tática diferente hoje, e acho que deu certo. Ele pediu para eu sempre diminuir o espaço do Maycon e eu consegui. Às vezes ele me levava para trás e não dava para trocar, mas em uma final vale tudo - concluiu Lucas.

Antes de enfrentar o Corinthians pela partida de volta da final do Campeonato Paulista, o Verdão tem um compromisso nesta terça-feira, pela Copa Libertadores, contra o Alianza Lima (PER), nesta terça-feira, no Allianz Parque, às 21h30.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos