'O Atlético nos venceu com méritos', diz Mano após derrota no clássico

A derrota do Cruzeiro para o Atlético no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro tirou o sossego de Mano Menezes. Durante entrevista coletiva concedida após a partida no Independência, o treinador identificou os erros cometidos pelo time celeste, como as brechas dadas ao rival nos espaços deixados pela marcação. Na visão do treinador, os jogadores do Cruzeiro se deixaram intimidar diante do mandante da partida.

- O Cruzeiro teve um pouco de falta de atitude em momento importante do jogo. Nessas horas você tem que se impor no momento da dificuldade. Dois ou três pediram calma. Aceitamos demais a situação. Primeiro acho que o Atlético nos venceu com méritos. Quando a gente perde da maneira que perdemos, a primeira coisa é saber reconhecer isso. O jogo vinha parelho até a parada técnica, o Atlético voltou da parada técnica e nós ficamos. Tomamos três gols em 12 minutos, se não me engano. Tomamos os gols da maneira que sabíamos que poderíamos tomar. Faltas desnecessárias, descuidamos da marcação.

Curiosamente, os três gols da vitória atleticana partiram de lances com bola parada, ponto forte do time. Apesar de a defesa do Cruzeiro ter facilitado as coisas para o rival, Mano prefere chamar a culpa para si mesmo, evitando culpar os atletas do time.

- Não adianta a gente individualizar para um jogador. Não é correto. Eu sou o responsável pela equipe. Eu sou o responsável pelos três gols de bola parada - analisou - O Cruzeiro no coletivo deixou espaços importantes. Vai ter que corrigir.

Um dos fatores que mais chamaram a atenção durante a partida foi a queda de rendimento que a Raposa apresentou após o rival abrir o placar com gol de Ricardo Oliveira, aos 36 minutos do segundo tempo. Antes do primeiro gol, o time se mostrou mais presente em campo e até ofereceu risco ao goleiro Victor.

- Quando tomamos 1 a 0 foi nosso pior momento, o Atlético controlou as ações. Corremos para todos os lados tentando resolver o jogo e isso custou caro. Tomamos o segundo e o terceiro. Podemos conversar, mas sempre depende da atitude dos jogadores - explicou Mano Menezes.

Com o resultado, o Cruzeiro perde a vantagem que tinha de se classificar com dois empates e passa a depender de uma vitória por dois gols de diferença sobre o rival para garantir a taça. O confronto decisivo acontece no próximo domingo, às 16h, no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos